Coca e Pepsi têm crescimento nas receitas por conta da alta dos preços; como investir?

Nesta quinta-feira (10), a Coca-Cola e PepsiCo divulgaram seus balanços corporativos. No quarto trimestre de 2021, a Coca e Pepsi registraram crescimento nas receitas. Os desempenhos positivos foram impulsionados pela grande demanda e pela alta dos preços.

Nos três últimos meses, a receita ajustada da Coca-Cola teve crescimento de 10,1%, para US$ 9,47 bilhões. A PepsiCo registrou alta de 12,4% na receita líquida, para US$ 25,25 bilhões.

Apesar da receita trimestral positiva, as companhias ressaltaram a pressão sobre os lucros — diante do aumento dos custos.

Por conta as interrupções causadas pela pandemia de coronavírus, houve alta nos custos da mão de obra, latas de alumínio e transporte. Como resultado, as companhias passaram a elevar os preços.

Até o momento, a demanda está acima das estimativas, segundo apurado pela Reuters. Contudo, a forte alta da inflação pode não reduzir — de modo a causar preocupações de que os consumidores tenham que diminuir as compras.

Nos Estados Unidos, os valores ao consumidor aumentaram consideravelmente em janeiro. De acordo com o Departamento do Trabalho, em 12 meses até janeiro, o índice de preços ao consumidor subiu 7,5%. Este foi o maior crescimento anual desde 1982.

Como investir na Coca e Pepsi

De modo geral, os interessados em investir na Coca-Cola e Pepsi possuem duas opções. A primeira é por meio da aplicação em ações das empresas listadas em Bolsa de Valores nos Estados Unidos.

Neste caso, a pessoa deve abrir conta em alguma corretora que opera nos EUA. Além disso, será preciso verificar se a instituição aceita investidores de países estrangeiros. Cada operadora possui condições distintas. Por conta disso, o interessado precisa se atentar às respectivas exigências.

O cidadão também precisará realizar uma remessa de câmbio, para depositar o dinheiro na conta no exterior. Desse modo, haverá a possibilidade de comprar as ações da Coca ou Pepsi, por exemplo.

No caso de quem gostaria de aplicar pela Bolsa brasileira, existem os BDRs (Brazilian Depositary Receipts). Estes são ativos que representam ações emitidas por companhias de outros países.

Já nessa opção, o interessado precisa ter conta em uma corretora autorizada a operar no Brasil. Da mesma forma — para começar a aplicar nos BDRs das companhias —, será preciso, primeiramente, transferir dinheiro para essa conta.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.