Após PIX, bitcoin e NFT, descubra quais as tendências para economia digital

Ao longo do tempo, a população vem adotando novas formas de movimentar a economia. Segundo especialistas consultados pelo Globo, a digitalização está apenas começando. Com isso, há espaço para o surgimento de mais tendências para economia digital.

Após PIX, bitcoin e NFT, descubra quais as tendências para economia digital
Após PIX, bitcoin e NFT, descubra quais as tendências para economia digital (Imagem: Montagem/FDR)

Nos últimos anos, por exemplo, muitas pessoas têm procurado alternativas para o dinheiro físico. Neste sentido, foram criadas ferramentas como o cartão de crédito, carteiras digitais e o sistema Pix. De modo geral, a economia global vem se digitalizando cada vez mais.

As tendências para economia digital

No entendimento da professora doutora em Finanças da USP, Elaine Borges, a utilização maior da Blockchain (tecnologia de proteção de dados e autenticação) revolucionará o sistema financeiro.

Por meio dessa tecnologia, ela explica que as finanças poderão ser descentralizadas. Assim, as transações poderão ser efetuadas diretamente entre pessoas.

A economia e professora do Ibmec RJ, Vivian Almeida, declara que a tecnologia 5G impacta toda a lógica de consumo. Ela informa que a vida da população é facilitada quando há diminuição do processo de tomada de decisão.

Em breve, na avaliação do líder da área de finanças da consultoria Bip, Luiz Fabrinne, serão predominantes as transações com criptomoedas. Ele comenta que os bancos centrais de vários países realizam estudos para emitir uma moeda digital com maior segurança.

De acordo com o advogado do escritório Chalfin, Goldberg & Vainboim, que atua com mercado de capitais e direito bancário, Claudio Miranda, cada vez mais, o metaverso (mundo virtual que busca replicar a realidade via dispositivos digitais) assume relevância na visão econômica.

O advogado acredita na possibilidade de o gasto de dinheiro com o virtual supere o com o “mundo real”. Ele declara que a compra de bens para “avatares”, produção de serviços e produtos e serviços, nesse universo, não possuem limites operacionais e físicos — como ocorre na realidade física.

Segundo o CEO do Tropix, marketplace de NFTs (token não fungível, na tradução para o português) de arte, Daniel Peres Chor, a tecnologia NFT pode elevar a utilização de moedas digitais.

Ele argumenta que NFT é um registro. Quando todos os ativos do mundo passam a ser registrados por NFT, Daniel afirma que ele se torna meio de pagamento.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.