Carlinhos Maia fatura R$ 1 mi com hamburgeria; saiba quanto custa investir na franquia

O humorista Carlinhos Maia, que fatura R$ 1 mi com hamburgueria, inicia expansão de sua rede de franquias. Saiba quanto custa investir.

Investir em redes de franquias é uma forma cada vez mais comum entre as celebridades aplicarem seu dinheiro. Ana Hickmann, Giovanna Antonelli, Ronaldo Fenômeno, Sabrina Sato e Xuxa são alguns dos exemplos de sócios de redes dos mais diferentes setores.

O influenciador e humorista Carlinhos Maia, sócio da B-Burger fundada há três anos em Aracaju (SE) deu início a expansão nacional da franquia de hamburguerias.

B-Burger e o processo de expansão

Carlinhos Maia é sócio da B-Burger juntamente com o empreendedor Ítalo Bruno. Ainda em 2021, a rede alcançou a marca de 20 unidades e o faturamento de R$ 1 milhão.

Recentemente a empresa, que investe no projeto de expansão, fechou sociedade com a 300 Franchising, uma aceleradora de franquias que dará suporte a marca para multiplicar seus números. A B-Burger foi a primeira marca do nordeste a fechar parceria com a 300 Franchising que busca empresas com potencial de expansão nacional.

Maia que entrou aos poucos no negócio, avaliando quesitos como qualidade e crescimento usando a sua imagem, ao firmar a parceria e a ideia de expansão ainda não conhecia sobre o mercado de franquias. 

Para Castelo, sócio da 300, o potencial da B-Burger para franquia foi percebido a partir do momento em que se notou que entre os 23 milhões de seguidores do influenciador Carlinhos Maia existem também investidores.

De acordo com levantamento realizado pela HyperAuditor no primeiro semestre de 2021, o perfil de Maia no Instagram é um dos dez com maior engajamento do Brasil. Cerca de dois anos atrás, em lista divulgada pela rede social, o brasileiro ficava em segundo lugar no ranking mundial como os stories mais assistidos, ficando atrás apenas de Kim Kardashian, socialite estadunidense.

Como e quanto custa investir em uma franquia da B-Burger

O processo da venda pode ser um pouco demorado, a lei determina que a franqueadora entregue a COF, Circular de Oferta de Franquia, assim o contrato apenas poderá ser assinado após dez dias do recebimento da COF. Após isso, os processos são de abertura da empresa, prospecção do ponto, reforma e inauguração. 

O objetivo é de que no período de três anos a B-Burger tenha em todo país mil lojas. O investimento inicial necessário para ter uma unidade da hamburgueria é de R$ 150 mil.

A marca chegará a região Sudeste, a mais rica do país. Em São Paulo, a B-Burger encontrará grande concorrência visto que o setor é extremamente bem desenvolvido. O diferencial além do tíquete médio de R$ 38 é ter a imagem de uma celebridade atrelada a marca, o que potencializa e passa segurança e credibilidade ao consumidor.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.