Ganharam na loteria e esqueceram? Caixa tem mais de R$ 491 milhões de prêmios não resgatados

Já pensou ganhar na loteria e não ir buscar o prêmio? Isto parece impossível mas acredite que existem R$491 milhões esquecidos, na Caixa, pelos ganhadores. Este valor foi detectado através de um levantamento realizado pelo portal Sorte Online, juntamente com a Caixa, e o montante representa o dinheiro que deixou de ser resgatado apenas entre janeiro a setembro de 2021.

O total é referente à soma de prêmios de todas as loterias administradas pela Caixa, como Mega-Sena, Dupla-Sena, Quina, Lotofácil, Lotomania e Loteca. Os prêmios dos concursos sorteados a partir de outubro do ano passado ainda estão dentro do prazo de resgate, que é de 90 dias.

O montante deixado para trás neste período do ano passado, já bem maior que o total registrado em 2020, que segundo a Caixa, foi de 311,9 milhões.

O caso mais marcante aconteceu em abril de 2021, quando o segundo ganhador da Mega da Virada de 2020 não apareceu e perdeu a chance de retirar um prêmio de “apenas” R$ 162,6 milhões. Na época, a Caixa informou que o valor do prêmio bruto foi transferido totalmente ao Fundo de Financiamento do Ensino Superior (Fies), do Ministério da Educação, que é quem recebe os valores de prêmios esquecidos.

Rendimentos 

Não são somente R$492 milhões perdidos nesta história, e sim também os rendimentos que eles poderiam gerar em investimentos simples. Não é possível dizer com exatidão  quanto cada ganhador deixou perdido e, por conta disso, quanto deixou de receber em taxas de retorno.

Porém é possível calcular, a partir desse valor total de R$ 491 milhões, que o rendimento apenas na poupança, seria atualmente de R$ 2,5 milhões por mês, resultando que que o rendimento mensal da poupança está em 0,5%, com a taxa básica de juros (Selic) em 9,25% ao ano.

Um CDB (Certificado de Depósito Bancário), por sua vez, que pague 100% do CDI, são R$ 3,6 milhões, sendo 0,73% ao mês, sem considerar o desconto do Imposto de Renda.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.