Grande investidor estrangeiro projeta futuro do Brasil e aponta favorito nas Eleições 2022

O veterano investidor em países emergentes, Mark Mobius, indica um cenário complexo no Brasil. Isso acontece diante de um quadro político incerto e aumento das taxas de juros. Em entrevista à Bloomberg News, o megainvestidor prevê um favorito nas Eleições 2022.

Grande investidor estrangeiro projeta futuro do Brasil e aponta favorito nas Eleições 2022
Grande investidor estrangeiro projeta futuro do Brasil e aponta favorito nas Eleições 2022 (Imagem: Montagem/FDR)

Na área de investimentos, atualmente, as ações brasileiras buscam se recuperar — após a primeira redução anual, no ano passado, desde 2015. O Ibovespa, principal índice da B3, teve um dos piores desempenhos pelo mundo.

Mesmo que os múltiplos descontados já incorporem grande parcela das notícias negativas, é possível existir espaço para pressão adicional. Isso porque, segundo Mobius, as autoridades — no Brasil e pelo mundo — se movimentam para reverter a política monetária.

Neste momento, o megainvestidor afirma que os juros em alta, a contínua inflação elevada e a novas variantes do coronavírus são os maiores riscos para os mercados brasileiros.

Mobius indica o favorito para vencer as Eleições 2022

Até o momento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem liderando as pesquisas de opinião.

Como exemplo, a pesquisa PoderData — feita de 16 a 18 de janeiro — indica o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) com 42% das intenções de votos. Isso representa um empate técnico entre o petista e a some de todos os outros nomes apurados.

Segundo Mobius, Lula deve vencer a eleição presidencial. Nas Eleições 2022, entre os concorrentes, está o atual presidente Jair Bolsonaro, e o ex-juiz Sergio Moro.

Na avaliação do megainvestidor, “seria perigoso presumir que uma eleição do Lula seria ruim para o mercado”. Ele lembra que o mercado teve desempenho positivo após a primeira eleição de Lula, em 2002 — após uma fase de “hesitação e medo” pelos investidores.

Conforme Mobius, o petista poderia ser bom para o mercado. No entanto, citações de pessoas próximas a ele sobre um programa de gastos públicos altos “podem significar problemas em termos de dívida mais alta e impostos maiores”.

Em caso de eleição, o investidor prevê “maior burocracia e gastos do governo”. Segundo ele, inicialmente, isso poderia impulsionar a economia. No entanto, no longo prazo, Mobius entende que “não seria bom”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.