Santander irá abrir agências amanhã (22) para renegociação de dívidas; saiba mais

O banco Santander anunciou a execução de uma ação exclusiva neste sábado, 22. Trata-se de um mutirão de renegociação de dívidas, que contará com a participação de três mil agências com o propósito de ajudar os clientes a começarem o ano no azul. 

A ação denominada de “Desendivida Santander” foi criada para que os clientes inadimplentes do banco, independente do débito que possuam, tenham a oportunidade de regularizar as pendências junto ao banco. Neste sentido, o Santander irá oferecer os seguintes serviços amanhã:

  • Renegociação de dívidas com até 93% de desconto;
  • Unificação de todas as dívidas com o primeiro pagamento em até 60 dias;
  • Prorrogação de até duas parcelas do empréstimo ou financiamento;
  • Renegociação do financiamento com o prazo de até 90 dias para começar a pagar;

É importante explicar que a ação do banco Santander para a renegociação de dívidas é direcionada tanto a pessoas físicas quanto jurídicas. Isso quer dizer que, até mesmo as empresas com débitos em aberto junto ao Santander poderão aproveitar a oportunidade para resolver as pendências.

De acordo com o banco, o motivo para tomar esta iniciativa foi a percepção do aumento expressivo da inflação e os efeitos contínuos e agravantes da pandemia da Covid-19, que inclusive têm afetado, em especial, a capacidade financeira dos clientes. Lembrando também, que todo início de ano é o período mais complicado para os clientes diante de tantas despesas.

Contas como o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), a compra de material escolar, matrícula e tudo mais, pesam bastante no bolso dos trabalhadores. E foi justamente a atenção a esses detalhes que levou o Santander a se mobilizar e executar esta campanha de renegociação de dívidas. 

A divulgação da campanha do banco Santander contou com a participação do ex-BBB, André Augusto Ferreira Fontes, o Dhomini para os mais íntimos. Na campanha ele se apropriou da própria experiência financeira para chamar a atenção do público com os seguintes dizeres: 

“Quem é que tem coragem de falar que faliu? Eu tenho. Ganhei R$ 500 mil num reality show há 19 anos e perdi tudo em alguns empreendimentos que deram errado. Quer realidade mais brasileira do que essa?”. 

Em várias ocasiões Dhomini havia dito em entrevistas que perdeu o prêmio de R4 500 mil por não saber administrar as finanças, se tornando o personagem ideal para concretizar a campanha do Santander

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.