PIS/PASEP, vale-gás e Auxílio Brasil marcam pagamentos do início de ano

Pontos-chave
  • Neste mês de janeiro, o governo federal paga a terceira parcela do Auxílio Brasil;
  • Nesta primeira etapa são 5,47 milhões famílias beneficiadas no vale-gás;
  • O pagamento do PIS/PASEP é feito uma vez ao ano, e varia de R$ 101 até R$ 1.212.

Os trabalhadores, ou aqueles que dependem de ajuda assistencial do governo, podem começar a se preparar para o repasse de créditos. É que a partir de janeiro deu-se início ao vale-gás e Auxílio Brasil. Enquanto o pagamento do abono PIS/PASEP será repassado a partir do mês de fevereiro.

A grande proximidade entre esses programas é que se tratam de benefícios para pessoas com renda reduzida. Isto é, que vivem em uma situação menos confortável financeiramente.

Por isso, toda ajuda é bem vinda. Principalmente considerando a alta de preços de vários produtos básicos para sobrevivência da família.

Auxílio Brasil começou com novidades

Neste mês de janeiro, o governo federal paga a terceira parcela do Auxílio Brasil. O programa foi criado em substituição ao Bolsa Família, e inaugurou seus pagamentos em novembro do ano passado.

Na época, foram beneficiados apenas aqueles que já faziam parte do Bolsa Família. Mas, a partir deste mês de janeiro, foram inclusos mais 3 milhões de famílias, conforme informou o Ministério da Cidadania.

Com os novos beneficiários, ficou zerada a fila de espera para entrada no programa. Além disso, passaram a ser contemplados 17 milhões de famílias e não mais 14,5 milhões. 

O valor também foi atualizado. Antes, a média de pagamento era de R$ 217 por inscrito, mas passou para pagamento mínimo de R$ 400. Também poderão ser inclusos novos valores, a depender dos bônus aos quais as famílias podem receber.

O governo também tem oferecido cursos de capacitação gratuitos para quem fizer parte deste programa. Neste mês de janeiro, a ordem de pagamentos acontece da seguinte forma:

Final do NIS Datas de pagamento
1 18 de janeiro
2 19 de janeiro
3 20 de janeiro
4 21 de janeiro
5 24 de janeiro
6 25 de janeiro
7 26 de janeiro
8 27 de janeiro
9 28 de janeiro
0 31 de janeiro

Para o saque, basta utilizar o cartão do antigo Bolsa Família ou o código gerado no aplicativo Caixa Tem.

Vale-gás

Antes do mês de janeiro, o único grupo que havia conseguido receber o vale-gás no Brasil foram os atingidos pelas chuvas em Minas Gerais e Bahia.

Em dezembro de 2021, o governo antecipou o benefício para os contemplados destes estados e cidades declaradas em estado de calamidade.

O valor a ser pago é de R$ 52, e refere-se a metade da média nacional de um botijão de gás de cozinha de 13 kg. Os dados sobre o preço cobrado no país são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com o Ministério da Cidadania, nesta primeira etapa são 5,47 milhões famílias beneficiadas. Devido ao orçamento mais curto, em janeiro apenas os que já estão inscritos no Auxílio Brasil é que foram contemplados.

A quantia referente ao vale-gás foi inclusa no salário desse mês, e pode ser sacada junto com o programa. Para seleção, usou-se como critério as famílias com menor renda e com mais integrantes.

O texto também prevê o pagamento para aqueles que estão no Benefício de Prestação Continuada (BPC). Mas, ainda não houve espaço para contempla-los.

Neste mês, os pagamentos acontecem nos seguintes dias:

  • Final NIS 1: 18 de janeiro
  • Final NIS 2: 19 de janeiro
  • Final NIS 3: 20 de janeiro
  • Final NIS 4: 21 de janeiro
  • Final NIS 5: 24 de janeiro
  • Final NIS 6: 25 de janeiro
  • Final NIS 7: 26 de janeiro
  • Final NIS 8: 27 de janeiro
  • Final NIS 9:  28 de janeiro
  • Final NIS 0: 31 de janeiro

Abono PIS/PASEP

A partir do mês de fevereiro finalmente será repassado o abono do Programa de Integração Social (PIS), e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, neste ano serão 22 milhões de brasileiros beneficiados a um custo de R$ 20 bilhões para o governo.

Nessa rodada, apenas quem trabalhou durante o ano de 2020 é que será contemplado. Aqueles que atuaram em 2021 serão beneficiados mais tarde, ainda sem previsão de calendário.

Além de ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano de 2020, com carteira assinada, é preciso ter ganho até dois salários mínimos por mês (R$ 2.424). E ainda, ter sido incluso na declaração de Rais da empresa.

O pagamento é feito uma vez ao ano, e varia de R$ 101 para quem atuou por 1 mês em 2020. E vai até R$ 1.212 para quem prestou serviço durante os 12 meses de 2020.

Neste programa, o calendário é dividido entre o PIS e o PASEP. Já que o primeiro se trata de funcionários da rede privada, e o outro de funcionários públicos.

PIS:

  • Nascidos em janeiro – 8 de fevereiro
  • Nascidos em fevereiro – 10 de fevereiro
  • Nascidos em março – 15 de feverfeiro
  • Nascidos em abril  – 17 de fevereiro
  • Nascidos em maio – 22 de fevereiro
  • Nascidos em junho – 24 de fevereiro
  • Nascidos em julho – 15 de março
  • Nascidos em agosto – 17 de março
  • Nascidos em setembro – 22 de março
  • Nascidos em outubro – 24 de março
  • Nascidos em novembro – 29 de março
  • Nascidos em dezembro – 31 de março

PASEP:

  • Finais de inscrição 0 e 1 – 15 de fevereiro
  • Finais de inscrição 2 e 3 – 17 de fevereiro
  • Final de inscrição 4 – 22 de fevereiro
  • Final de inscrição 5 – 24 de fevereiro
  • Final de inscrição 6 – 15 de março
  • Final de inscrição 7 – 17 de março
  • Final de inscrição 8 – 22 de março
  • Final de inscrição 9 – 24 de março

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.