Analistas do Bank of America recomendam ações de commodities; confira como investir

Recentemente, as principais commodities vem passando por alta. Ao mesmo passo, os analistas tem demonstrado perspectivas positivas com ativos do segmento. Em relatórios distintos, analistas do Bank of America citaram ações de commodities de alguns setores, conforme apurado pelo InfoMoney.

Analistas do Bank of America recomendam ações de commodities; confira como investir
Analistas do Bank of America recomendam ações de commodities; confira como investir (Imagem: Montagem/FDR)

Para o setor de papel e celulose, a principal indicação do BofA é a Klabin (KLBN11). O preço-alvo para os ativos da empresa é de R$ 34.

O motivo da aposta é a exposição a mercados de papel para embalagens apertados — além da contribuição do projeto Puma II, que compensa a redução no valor da celulose.

Apesar disso, os analistas entendem que os papéis do setor estão em “um ponto de entrada atraente”.

O banco informa que a grande oferta de celulose de levar o rali atual a perder força no segundo trimestre deste ano. Com isso, os preços tendem a cair gradualmente no quarto. Apesar disso, “as ações já precificam em uma correção da curva de custo, o que fornece um ponto de entrada interessante”.

Com relação ao cenário macroeconômico doméstico, o BofA considera que as preocupações fiscais e as incertezas eleitorais dão espaço a uma redução do real. Esse fator beneficia exportadoras como Klabin e Suzano (SUZB3).

Os analistas aumentaram a recomendação de Suzano, de neutra para compra. O preço-alvo é de 78.

O banco ainda destaca que os embarques brasileiros de caixas de papelão ondulado encerraram 2021 com aumento de 4% na base anual. Há projeção de que a demanda continue saudável em 2022 com o e-commerce e a demanda estável da indústria de higiene, alimentos e farmacêutica.

Bank of America demonstra preferência pelas siderúrgicas

Em outro relatório, o BofA demonstrou acreditar em um cenário mais positivo para siderúrgicas, ante mineradoras. O motivo é a continuidade da política da China de limitar a produção de aço bruto, adicionalmente com as exportações de aço mais fracas.

O banco possui recomendação de compra para CSN (CSNA3) e Gerdau (GGBR4). Anteriormente, a Gerdau tinha recomendação neutra. O preço-alvo da CSN aumentou de R$ 37 para R$ 45. Já o da Gerdau subir de R$ 38 para R$ 48.

Os analistas possuem indicação neutra para a Vale (VALE3), com preço-alvo de R$ 96. O banco alega que os papéis da mineradora carregam grande correlação com os preços do minério — que observam reduzindo nos próximos dois anos.

Perspectivas sobre outras commodities

Na última semana, a instituição apresentou uma perspectiva sobre as companhias de petróleo e gás, e distribuidoras. O banco reduziu a indicação para as ações de Ultrapar (UGPA3), de compra para neutra.

Os analistas seguiram com a recomendação de compra para ações de Braskem (BRKM5) e Petrobras (PETR4).

Apesar disso, não houve a inclusão da Petrobras na preferência no setor de petróleo e gás para a América Latina. O motivo é que ela é exposta “a desafios de precificação em um ano com preços de petróleo potencialmente aquecidos”.

Sobre o setor petroquímico, o BofA demonstra ânimo com empresas do setor. Apesar disso, um abrandamento projetado nas margens deve elevar o risco nos 12 meses seguintes. Diante disso, Braskem ficou de fora das principais indicações do setor.

Como investir em ações de commodities

O mercado financeiro possibilita algumas formas de se posicionar em commodities. Uma destas opções é por meio da compra de ações de companhias produtoras listadas na Bolsa de Valores.

Para negociar na Bolsa, a pessoa deve ter uma conta em alguma corretora de valores — instituição financeira autorizada a realizar as operações. Depois da abertura, o indivíduo passará pelo teste suitability, para avaliar o próprio perfil de investidor.

Após isso, será preciso fazer uma transferência de dinheiro. Assim, será possível realizar as compras de ações.

Além da compra de ações, outras formas de se posicionar em commodities são por meio dos ETFs (Exchange Traded Funds) — os fundos de índices — e via mercado futuro, por exemplo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.