Fundos ‘diferentões’: conheça 3 fundos de investimentos que fogem do comum

Os fundos de investimentos representam uma modalidade de investimento coletiva. Sendo assim, os fundos agrupam valores de diversos investidores, que direcionam as decisões a um gestor profissional. Além das opções tradicionais, é possível encontrar fundos que fogem do comum. Descubra três destes.

Fundos 'diferentões': conheça 3 fundos de investimentos que fogem do comum
Fundos ‘diferentões’: conheça 3 fundos de investimentos que fogem do comum (Imagem: Montagem/FDR)

Em cada fundo de investimento, há um regulamento próprio — com regras sobre onde o gestor pode atuar, quais são os custos, os limites de exposição, o público-alvo, entre outros pontos.

Neste mercado, os investidores podem optar pelos fundos temáticos. Apesar disso, a pessoa deve tomar alguns cuidados. Ao Valor, o sócio e analista da casa de análise Nord, Luiz Felippo, destaca que os investidores devem entender o que estão comprando.

Diante disso, ele indica procurar informações com quem entende do mercado, para evitar problemas futuros. Ele não recomenda ter mais de 1% da carteira em fundos temáticos.

3 Fundos de investimentos que fogem do comum

  • Fundo de investimento de criptoativos

O fundo BLP Digital 100 FIM IE, da gestora BLP Asset aplica, dominantemente, em criptomoedas e tokens. Segundo a Morningstar, este fundo rendeu 160% no último ano.

De qualquer modo, vale destacar que os ativos digitais passam por grande volatilidade. Esse comportamento foi observado no próprio fundo. Em janeiro, a valorização foi de 388%. Já em maio do mesmo ano, houve recuo de 18%.

  • Fundo de investimento ESG

O fundo BB Ações Carbono Sustentabilidade FIA se insere neste segmento. Esta opção segue a tendência de investimentos com práticas positivas ambientais, sociais e de governança (ESG). O termo ESG vem ganhando, cada vez mais, espaço na mídia e entre os investidores.

Há quem tem procurado por opções que se preocupem com esses aspectos, como a sustentabilidade. Apesar disso, no ano passado, este fundo registrou perda de 20,29%.

  • Fundo de investimento de cannabis

O fundo XP Trend Cannabis FIM se enquadra neste setor. Em 2020, o segmento de cannabis apresentou avanço — com liberações de uso para fins medicinais em algumas localidades, como México e Reino Unido.

Neste ano também houve projeção de avanço na regulação nos Estados Unidos, diante da eleição de Joe Biden.

Contudo, a tendência de alta não se firmou no ano passado. Não houve avanço na parte regulatória, segundo o analista da Avenue Securities, Guihlerme Zanin. Este fundo registrou desvalorização de 22,56%.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.