Bradesco traça planos arrojados para seu banco digital; confira

O Bradesco criou um plano arrojado para o seu banco digital Next. O banco quer levar o seu digital para a Bolsa de Valores focando neste ano de 2022 que terá grandes acontecimentos.

publicidade

Tendo a previsão de um 2022 turbulento no país pelo calendário político, inflação e o alto juros, o banco está projetando um IPO para subsidiar digital no final de 2021, de acordo com o presidente do banco Octavio de Lazari Jr. 

De acordo com a Pipeline, há razões para isso que vão além da janela fechada para IPOs: o banco considera que o prazo seria suficiente para o Next chegar à marca de 15 a 20 milhões de clientes e possivelmente se tornar rentável para os mesmos.

Essa projeção interna considera ainda uma eventual desaceleração na captação de clientes no ano de 2022, de acordo com o contexto econômico, para retomada de ritmo no ano seguinte.

publicidade

Atualmente, o Next possui cerca de 7,7 milhões de clientes. Mesmo tendo sido criado em 2017, foi neste ano que ganhou posição de destaque no grupo, captando 5 milhões de clientes sob o comando de Renato Ejnsman, executivo há 14 anos no Bradesco e que assumiu como CEO do banco digital em março.

O Next se tornou, neste ano, uma unidade separada e o banco até tinha a intenção de um IPO mais cedo, porém, a maré de mercado virou e o banco retomou a sua posição mais conservadora sobre o tema. 

O Next é diferente dentro do conglomerado, com um perfil de cliente mais jovem e com menor renda, focado em cashback e totalmente avesso a tarifas de serviço, mas que o conselho do Bradesco considera estratégico para fidelizar o rentista do futuro. 

No final do ano de 2023 com rentabilidade ou próximo a ela, não significa necessariamente um resultado anual, mas em um período próximo à oferta, como o lucro semestral do Nubank às véspera de sua listagem.

Em uma visão atual do Bradesco, a listagem do Next também seria em Nova York, não apenas para buscar múltiplos mais comparáveis aos bancos digitais internacionais, mas também para ajudar o investidor a diferenciar o que é Next e o que é Bradesco.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.