Nova funcionalidade do Nubank lhe ajuda a controlar as finanças

O banco digital Nubank lançou uma nova ferramenta para ajudar os brasileiros a saírem do vermelho e voltarem a ter controle de suas finanças. A novidade é a calculadora de metas financeiras. Entenda.

O Nubank explicou que esta calculadora é a primeira de uma série que serão lançadas com o objetivo de ajudar as pessoas no controle de suas finanças. A nova ferramenta é um aplicativo web, que funciona diretamente no navegador para PC e em dispositivos móveis.

Como se trata de uma aplicação externa, a ferramenta pode ser usada por clientes do Nubank e também por quem não possui nenhum vínculo com a fintech. A ferramenta é somente um passo inicial, porém, que pode auxiliar a pessoa endividada a dimensionar sua situação.

Para começar, a calculadora irá fazer perguntas básicas a respeito de sua renda, valor das dívidas acumuladas e qual o objetivo a curto prazo do usuário. A partir das respostas, será apresentado possíveis soluções e também alguns conselhos. 

No fim do processo, a calculadora dará algumas orientações como reservar no máximo 15% da renda mensal para o pagamento de dívidas para que isso não comprometa outras despesas importantes. 

A calculadora tem ainda uma integração com o Google Agenda para que o usuário possa estabelecer uma data todos os meses para efetuar o pagamento das dívidas para que ele não esqueça.

Dívidas 

De acordocom a PEIC (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), feita pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviço e Turismo), a quantidade de pessoas endividadas no Brasil bateu recorde, alcançando 74,6% das famílias.

No total, 12,2 milhões de brasileiros estão com dívidas vencidas e o cartão de crédito segue sendo o grande responsável pelo endividamento de 84,9% do total das pessoas.

O atual cenário da inflação que vem deteriorando a renda das famílias e tirando o poder de compra, pode ser encarado como o principal responsável por este aumento de endividados.

Além disso, no fim do ano, as pessoas acabam gastando mais do que deveriam, o que pode causar dívidas posteriores. A boa notícia é que existem algumas plataformas que auxiliam os consumidores a renegociarem seus débitos e desta forma, iniciar o ano com pouco mais de folga.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.