Marfrig e JBS recuam na B3: O que está acontecendo com as companhias?

Na última sexta-feira (6), as ações da Marfrig (MRFG3) e JBS (JBSS3) registraram forte queda. Os frigoríficos Marfrig e JBS recuam na B3 após o Bradesco BBI rebaixar a recomendação para estes papeis. A justificativa foi a deterioração das margens do setor nos Estados Unidos.

publicidade
Marfrig e JBS recuam na B3: O que está acontecendo com as companhias?
Marfrig e JBS recuam na B3: O que está acontecendo com as companhias? (Imagem: Montagem/FDR)

As duas empresas tiveram as maiores baixas da última sexta. A Marfrig teve queda de 5,74%, a R$ 20,87. Já a JBS diminuiu 4,84%, a R$ 33,41. Apesar disso, o Ibovespa encerrou o pregão em elevação de 0,58%, aos 105.069 pontos.

Marfrig e JBS recuam na B3 após banco rebaixar recomendação de empresas

O desempenho negativo das duas companhias aconteceu após o Bradesco BBI rebaixar a recomendação para os papéis de ambas, de ‘outperform’ para ‘neutro’. O preço-alvo da Marfrig foi reduzido de R$ 30 para R$ 23. Já o da JBS, por sua vez, foi diminuído de R$ 45 para R$ 36.

publicidade

De acordo com o analista do banco, Leandro Fontanesi, as margens da carne bovina nos Estados Unidos — onde essas empresas contam com forte presença de receita — vêm se deteriorando mais rápido do que o estimado, diminuindo 44% no ano.

O analista, que assina o relatório, informa que uma diminuição na oferta de gado em 2022 deve subir ainda mais os custos dos frigoríficos.

Diante disso, Fontanesi apresentou margens mais conservadoras. Para o lucro líquido da Marfrig em 2022, o analista diminuiu a estimativa de R$ 2,3 bilhões para R$ 1,9 bilhão. Já para a JBS, a projeção reduziu de R$ 17,2 bilhões para 13,1 bilhões.

Segundo o analista, a pandemia de covid-19 provocou uma alta do preço da carne. Como diversos frigoríficos foram fechados durante os picos de propagações da doença, houve menor oferta.

Essa movimentação também provocou a queda do preço do gado — com o estoque elevando nas fazendas. Diante disso, a empresas melhoraram suas margens nas duas pontas.

Contudo, Fontanesi explica que “esses efeitos já foram absorvidos”. Ele argumenta que “a capacidade de frigoríficos já está totalmente utilizada e os estoques de gado caíram”. Consequentemente, as margens dessas companhias vêm diminuindo.

publicidade

No ano, o papel da Marfrig aumentava aproximadamente 53,5%. Já o da JBS apontava valorização de 56,9%. Por outro lado, o Ibovespa apresenta queda de 11,7%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.