MovilePay promete criar 100 vagas de emprego com atuação remota até 2022

Empresa vai criar vagas de emprego nas áreas de tecnologia, crédito e banking. Pessoas de todo o Brasil podem se candidatar, desde que atendam aos requisitos das vagas.

MovilePay promete criar 100 vagas de emprego com atuação remota até 2022
MovilePay promete criar 100 vagas de emprego com atuação remota até 2022 (Imagem: FDR)

A MovilePay é uma fintech de soluções de pagamento do ecossistema Movile e anunciou que deseja criar 130 vagas de emprego até março de 2022.

O objetivo da empresa é ampliar a adoção da conta digital do iFood no Brasil.

E, para isso, vai precisar de mais pessoas fazendo parte do seu time corporativo.

De acordo com Roberta Porcelli, diretora do time de Gente da MovilePay, a empresa busca pessoas com um olhar voltado para a inovação e empreendedoras.

 “Elas vão nos ajudar a alcançar a nosso sonho grande de ser a maior fintech do Brasil e a carteira digital preferida de 100 milhões de pessoas”, afirma Porcelli.

Vagas de emprego da MovilePay

Ao todo, a empresa deseja contrar 130 pessoas, sendo que 45% deve ser efetivado ainda nesse ano; todas as oportunidades serão para trabalho remoto.

A maioria das vagas será para o nível sênior e especialista, como:

Desenvolvedora backend, Product Manager, Product Owner e cientista de dados para modelagem de crédito.

Inscrições nas vagas de emprego da MovilePay

Os interessados nessas oportunidades devem ficar de olho no LinkedIn da MivilePay, lá serão divulgadas todas as oportunidades.

Como montar o currículo no LinkedIn?

Se você nunca usou essa plataforma pode ser que tenha certa dificuldade para montar o seu currículo, pensando nisso separamos algumas dicas para te ajudar nesse momento:

  1. Escolha uma foto profissional e com boa qualidade.
  2. Personalize a sua página, no LinkedIn é possível escolher até mesmo a imagem de fundo.
  3. Apresente-se no título, já ouviu falar em “discurso do elevador”? É uma técnica de apresentação rápida e direta, assim mesmo como aconteceria se você tivesse aqueles poucos minutos para conversar com alguém dentro do elevador.
  4. Não pule a parte do “sobre”, faça um breve resumo sobre você mesmo.
  5. Insira sua formação, desde cursos de nível superior até cursos de curta duração.
  6. Inclua todas as suas experiências profissionais, inclusive, uma dica é fazer um detalhamento delas.
  7. Utilize palavras chave (SEO) no seu perfil, a ideia é usar aquelas palavras relacionadas com a sua área de atuação e que são bastante procuradas, o que faz com que seu perfil seja mais recomendado.
  8. Personalize a sua URL, esse recurso pode facilitar que você seja encontrado e também pode ser mais atrativo quando você usar em uma entrevista pessoalmente.
  9. Faça conexões, essa é uma das chaves centrais do LinkedIn, porque através das suas conexões você pode se tornar mais conhecido e criar um networking.

Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.