Em dia dos investidores, Vale divulga planos para o futuro; confira

Nesta segunda-feira (29), a Vale realizou o “Vale Day”, o dia dos investidores da companhia. Neste evento, o vice-presidente executivo de finanças da mineradora, Gustavo Pimenta, informou que a empresa contará com um programa de diminuição de custos.

Entre o período de 12 a 24 meses, a Vale espera reduzir US$ 1 bilhão em custos. De acordo com Gustavo Pimenta, a empresa conseguirá avanços importantes ainda em outras duas frentes:  aumento da capacidade de produção e redução do risco.

Vale manterá foco em retorno aos acionistas

A Vale destaca que seguirá com foco na política de retorno aos acionistas. Ao mesmo passo, segundPimento, a companhia planeja elevar sua capacidade de produção. Em 2021, até o terceiro trimestre, a mineradora retornou US$ 20,1 bilhões aos investidores.

Nos próximos 12 a 18 meses, a Vale terá eventos importantes para “desbloquear valor” para acionistas. Como exemplo, está a elevação da capacidade de produção de minério de ferro em 30 milhões — e do cobre, em até 40 mil toneladas.

Operações da Vale na China

Segundo o vice-presidente executivo de Ferrosos da Vale, Marcelo Spinelli, a companhia operará, em 2022, em nove portos na China. Por meio da operação de portos, a empresa terá mais flexibilidade. Além disso, será possível otimizar os efeitos sobre a frota de navios usadas pela mineradora.

Desse modo, Spinelli alega que haverá a possibilidade de fortalecer o relacionamento com os clientes na China. Ele também informou que a Vale mantém o compromisso de alcançar a capacidade de 400 milhões de toneladas por ano.

Projetos sociais e ambientais da Vale

A Vale revelou um plano de retirar, até 2030, 500 mil pessoas da extrema pobreza — nos países onde atua. A companhia também aumentará a reciclagem de rejeitos arenosos. O intuito é de elevar, de modo sustentável, a capacidade de produção.

A mineradora busca diminuir as emissões de carbono dos escopos 1 e 2. Estão inclusas as emissões resultantes da própria operação da Vale — e de suas fontes de energia elétrica. A meta é de reduzir, até 2030, em 33%.

Além disso, a Vale informou a objetivo de finalizar, até 2035, a descaracterização de barragens a montante. Com isso, a mineradora, deixaria de ter unidades desse tipo.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.