Lula traz rumores para candidato a vice; o que os brasileiros podem esperar da dupla?

Eleições 2022 têm especulações iniciadas. Nessa semana, ao participar de um evento realizado na Europa, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou sobre as possibilidades de se candidatar à presidência da República no próximo ano. De acordo com ele, o assunto vem sendo debatido mediante a avaliação de seu vice.

As eleições presidenciais de 2022 devem ser uma das mais acirradas da história do país. Cientistas políticos acreditam que os principais candidatos das urnas serão o atual presidente, Jair Bolsonaro, contra o ex-presidente Lula.

Uma votação marcada pela extrema-direita e pela esquerda, que poderá ter um vice de direita para garantir a maior aprovação.

Quem deve ser o vice de Lula em 2022?

Ainda sem confirmar sua candidatura, o ex-chefe de estado afirmou que tem uma ótima relação com o ex-governador de São PauloGeraldo Alckmin (PSDB). Questionado sobre o assunto, ele explicou que não vê discordância e desrespeito em uma chapa conjunta, desde que priorize o funcionamento do país.

É válido ressaltar que Lula já concorreu à presidência contra Alckmin em 2000, porém, segundo ele,  “não há nada que aconteceu [entre ele o ex-governador] que não possa ser reconciliado”.

Política é como futebol, você dá uma canelada no cara, ele cai chorando de dor, mas depois que termina o jogo, eles se encontram, se abraçam, vão tomar uma cerveja e discutir o próximo jogo. Política é assim. Nas divergências todo mundo joga bruto porque quer ganhar”, afirmou Lula, no Twitter.

O petista também esclareceu que até o momento não garantiu que irá ser um candidato. “Eu disputei as eleições de 2006 com o Alckmin, mas tenho profundo respeito por ele. Mas eu não tô discutindo vice ainda porque não discuti a minha candidatura”.

Pesquisas e previsão das eleições

A candidatura de Lula e Alckmin passou a ser especulada nos últimos dias por aliados do ex-presidente. A possibilidade pode ser uma alternativa para aprovar o petista do centro e da direita, garantindo uma maior aceitação em seu mandato. No entanto, para isso seria preciso que o ex-governador abandonasse o PSDB que possui uma rivalidade história com o PT.

Segundo os dados da pesquisa realizada Genial/Quaest, Lula tem 48% das intenções de voto para as eleições presidenciais de 2022, contra 21% do segundo colocado no levantamento, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.