Salário mínimo de 2022 deve pagar R$ 1.200 após reajuste da inflação

Uma nova projeção de salário mínimo para 2022 foi apresentada. A quantia que hoje é de R$ 1.100, mas poderá passar para R$ 1.200 no ano que vem. 

Salário mínimo de 2022 deve pagar R$ 1.200 após reajuste da inflação
Salário mínimo de 2022 deve pagar R$ 1.200 após reajuste da inflação. (Imagem: FDR)

O novo valor se baseia na revisão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) que aumentou de 8,4% para 9,1% segundo o novo secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago.

O INPC é um dos medidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável por medir a inflação oficial do Brasil que, por sua vez, é a base utilizada para promover o reajuste anual do salário mínimo

Se esta previsão se confirmar sem uma mudança no cálculo, haverá um aumento de R$ 31 com base na estimativa anterior apresentada na Lei Orçamentária Anual (LOA), que era de R$ 1.169.

De acordo com o secretário especial, a revisão foi feita com o propósito de validar as previsões para as contas públicas apresentadas pela nova equipe do ministério na última sexta-feira, 29.

Dados apresentados pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) informam que o salário mínimo é a base para cerca de 50 milhões de trabalhadores brasileiros, além de 24 milhões de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

De acordo com a Constituição, a correção do salário mínimo deve acontecer, ao menos, com base no INPC do ano anterior. Neste ano de 2021, o salário mínimo de R$ 1.100 não repôs a inflação de 2020, após a correção de 5,26% ser aplicada, mesmo que o percentual correto tenha sido de 5,45%.

Para que o salário mínimo de 2021 ficasse dentro dos eixos e não retirasse o poder de compra do trabalhador, era preciso que o piso nacional fosse reajustado para R$ 1.101,95.

No mês de agosto deste ano, o ex-secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, informou que o saldo de R$ 2 seriam recompensados até o final deste ano, junto à correção do salário mínimo para 2022.

Um ponto impactante e que, com certeza, é levado em consideração na hora de reajustar o salário mínimo é que, a cada R$ 1 a mais no piso nacional, ocorre um aumento de R$ 355 milhões nas despesas públicas.

Portanto, a nova revisão do índice inflacionário deve gerar um impacto na margem de R$ 11 bilhões no ano de 2022.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.