Cuidadora é humilhada por erros de português; como evitar deslizes no currículo?

Cuidadora que foi humilhada após enviar currículo para um asilo de Sorocaba já recebeu diversas ofertas de trabalho. Entenda como deve ser feito o seu currículo com as nossas dicas.

Na última semana um caso de humilhação tomou conta das redes sociais, a situação aconteceu com Cristiane Barros, 43, que ao enviar uma mensagem de WhatsApp para um asilo foi surpreendida com respostas grosseiras e correções a sua forma de escrever.

O caso repercutiu tanto que a cuidadora recebeu diversas propostas de trabalho e o asilo vai investigar a situação. Não tivemos acesso ao currículo enviado por Cristina, mas você sabe como preparar esse documento?.

Como montar um currículo?

Antes de tudo você precisa entender que o currículo é o seu primeiro contato com a empresa.

Ou seja, é um documento bastante importante, uma espécie de “apresentação”, por isso que ele é tão importante.

É através do currículo que a empresa decide se vai convidar o candidato para seleções e entrevistas ou não.

Então, fique atento a algumas questões:

1 – Cuidado com a forma como você escreve o documento, ninguém espera que você produza um texto cheio de palavras difíceis, mas alguns cuidados são necessários. Por exemplo, é importante evitar aquelas abreviações que utilizamos nas redes sociais (vc, pq, tbm, entre outras).

Claro que um “erro” de escrita não dá o direito de uma pessoa humilhar a outra, como aconteceu com Cristina.

2 – Coloque suas informações pessoais, se você realmente deseja ser contratado pela empresa precisa disponibilizar formas dos recrutadores entrarem em contato com você.

Então, coloque número de telefone, WhatsApp, e-mail. Lembrando que não é necessário inserir número de documentos como RG e CPF.

3 – Seja claro nos seus objetivos, é bastante aconselhável descrever quais são os seus objetivos profissionais, sim, deixe claro qual o cargo que deseja alcançar. Lembrando que as demais informações devem mostrar que você possui competência para aquele cargo.

4 – Coloque suas experiências profissionais, a mais recente deve ser a primeira da lista e assim você monta uma ordem cronológica até a última.

5 – Fale da sua formação, inclua sua formação (fundamental, médio, técnico ou superior) e todos os cursos que possui.

6 – Sabe aquele nome Curriculo Vitae que a gente escrevia lá em cima? Não precisa colocar, viu, no lugar insira o seu nome completo.

E uma dica extra, jamais minta em seu currículo, afinal, a empresa pode solicitar certificados que comprovem seus cursos, e poderá contar com determinada habilidade descrita no documento.

Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR .

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.