Começou! Bolsa Família dá início ao último pagamento do auxílio emergencial

Começa hoje, 18, o pagamento da sétima e última parcela do auxílio emergencial para o Bolsa Família. Hoje é a vez dos beneficiários cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 1 receberem os depósitos. 

Começou! Bolsa Família dá início ao último pagamento do auxílio emergencial
Começou! Bolsa Família dá início ao último pagamento do auxílio emergencial. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

O Bolsa Família foi incluído como grupo elegível ao auxílio emergencial desde a etapa inicial em 2020. No entanto, a forma como recebe os valores não foi alterada. Prevalece o cronograma no modelo original sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês. 

A única alteração compete no meio de recebimento do benefício que, além de continuar sendo sacado com o cartão do Bolsa Família, também pode ser movimentado pela conta poupança social digital, gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem, por onde os valores são depositados. 

Na plataforma, os beneficiários do Bolsa Família possuem algumas vantagens ao se tornarem cidadãos bancarizados sem arcarem com nenhuma taxa de serviço.

Pelo Caixa Tem, é possível pagar boletos, realizar compras com o cartão de débito virtual, fazer recarga de celular, consultar informações sobre o Bolsa Família e outros programas, além de tantas outras funcionalidades. 

Ao serem incluídos no auxílio emergencial, os beneficiários do Bolsa Família passam a receber os valores do novo programa. Este ano, o auxílio emergencial não paga um valor único e fixo como aconteceu durante todo 2020.

Agora, os cidadãos podem receber parcelas entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375, de acordo com cada perfil e, o mesmo vale para os beneficiários do Bolsa Família. 

Os depósitos da sétima parcela do auxílio emergencial para o Bolsa Família serão efetuados entre os dias 18 a 29 de outubro no Caixa Tem. Vale ressaltar que, ao contrário do público geral, este grupo pode movimentar integralmente os valores. Ou seja, podem efetuar saques em espécie e transferências no mesmo dia em que recebem.

Com o pagamento da última parcela do auxílio emergencial, os beneficiários do Bolsa Família estão preocupados sobre a situação financeira nos próximos meses. Tendo em vista que ao integrarem a população em situação de vulnerabilidade social, se caracterizam na condição de pobreza e extrema pobreza. Portanto, não possuem renda o suficiente para se manterem. 

O Governo Federal tem se empenhado para obter a aprovação do Auxílio Brasil e de um auxílio transitório que será pago durante dois meses como uma forma de amparar aqueles que não se elegerem para o futuro Bolsa Família.

No entanto, também existe a possibilidade de o auxílio emergencial ser prorrogado. De qualquer maneira, todas as alternativas permanecem incertas e em fase de estudos. Por hora, o calendário para este público é o seguinte:

Calendário completo do auxílio emergencial para o Bolsa Família

NIS final 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela 4ª 

parcela

5ª parcela 6ª 

parcela

parcela

1 16/04 18/05 17/06 19/07 18/08 17/09 18/10
2 19/04 19/05 18/06 20/07 19/08 20/09 19/10
3 20/04 20/05 21/06 21/07 20/08 21/09 20/10
4 22/04 21/05 22/06 22/07 23/08 22/09 21/10
5 23/04 24/05 23/06 23/07 24/08 23/09 22/10
6 26/04 25/05 24/06 26/07 25/08 24/09 25/10
7 27/04 26/05 25/06 27/07 26/08 27/09 26/10
8 28/04 27/05 28/06 28/07 27/08 28/09 27/10
9 29/04 28/05 29/06 29/07 30/08 29/09 28/10
0 30/04 31/05 30/06 30/07 31/08 30/09 29/10

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.