Guedes levanta nova possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial em 2022

Governo federal confirma extensão do auxílio emergencial em 2022. Nessa semana, o ministro da economia, Paulo Guedes, informou que irá manter o abono para o próximo ano. De acordo com ele, há chances de os segurados serem contemplados com parcelas de até R$ 500.

Guedes levanta nova possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial em 2022 (Imagem: FDR)
Guedes levanta nova possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial em 2022 (Imagem: FDR)

A extensão do auxílio emergencial parece ser uma realidade cada vez mais próxima. Em entrevista, Guedes informou que já está trabalhando para a renovação do projeto. O gestor anunciou a probabilidade de reajuste na mensalidade, a depender da aprovação da reforma tributária.

Novo auxílio emergencial de R$ 500

Guedes afirmou que se a reforma do imposto de renda for aceita o governo terá mais recursos para custeio do auxílio emergencial. Com isso, espera-se que as mensalidades de 2022 fiquem com um valor médio de R$ 500 por segurado.

“Inadvertidamente o mundo empresarial vai a Brasília e faz um lobby contra o (projeto de lei de reforma do) Imposto de Renda. Ele na verdade está inviabilizando o (aumento do) Bolsa Família”, disse Guedes.

“Vai produzir uma reação do governo que é o seguinte: ah é? Então quer dizer que não tem fonte não, né? Não tem tu, vem tu mesmo. Então é o seguinte, bota aí R$ 500 logo de uma vez e é auxílio emergencial. A pandemia está aí, a pobreza está muito grande, vamos para o ‘vamos ver’”, completou o ministro.

É válido ressaltar que as afirmações só serão validadas quando houver uma publicação no Diário Oficial da União. Ao longo das últimas semanas o ministro da economia e o presidente da república já se contradisseram em diversos momentos, afirmando por ora que seria criado o Auxílio Brasil, e depois defendendo a permanência do auxílio emergencial.

Pagamento da última rodada do auxílio emergencial 2021

Enquanto o futuro social do país não é resolvido, a população fica atenta para receber a última parcela prevista para este ano. Os pagamentos serão liberados a partir do próximo dia 18, sendo os primeiros contemplados os segurados do Bolsa Família.

Na sequencia a liberação fica disponível para o público geral que terá ainda um segundo calendário com a permissão para saques e transferências.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA