Bolsa do Povo, vale gás, auxílio merenda e outros benefícios criados em São Paulo

Pontos-chave
  • Governo de São Paulo reforça suas políticas públicas sociais;
  • População tem acesso a abonos e oportunidades no mercado de trabalho;
  • Vale gás, bolsa esporte e bolsa trabalho já estão em circulação.

Governo de São Paulo reforça suas políticas sociais durante a pandemia. Nos últimos meses, o governador João Doria, anunciou uma série de concessões de abonos para a população vulnerável de seu estado. Através do projeto Bolsa do Povo, foram criados e unificados uma série de pagamentos para mais de 1,44 milhões de famílias.

Bolsa do Povo, vale gás, auxílio merenda e outros benefícios criados em São Paulo (Imagem: FDR)
Bolsa do Povo, vale gás, auxílio merenda e outros benefícios criados em São Paulo (Imagem: Governo de SP)

O Bolsa do Povo tornou-se conhecido nacionalmente por unificar uma gama de ações sociais gerenciadas pelo governo de São Paulo.

Em vigor desde o dia 26 de maio deste ano, ele funciona como uma espécie de carteira social para ajudar as famílias sem situação de vulnerabilidade.

Requisitos básicos de vinculação no Bolsa do Povo

Antes de avaliar os critérios de concessão de cada abono que se integra ao projeto, o cidadão precisa estar devidamente registrado no Cadastro Único. Somente com seu registro e comprovação de baixa renda é que ele pode tentar uma candidatura dos pagamentos do BP.

Atualmente, estão sendo concedidos 11 benefícios dentro do projeto, sendo cada um deles repassados através de critérios específicos de acordo com sua modalidade e objetivo. Confira os mais solicitados.

Vale Gás

  • Benefício: transferência de renda para compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg), com 3 parcelas de R$ 100 bimestrais, totalizando R$ 300.
  • Quem tem direito: famílias em situação de vulnerabilidade, com renda mensal per capita de até R$ 178,00, inscritas no CadÚnico (sem Bolsa Família).
  • Como se candidatar: não é necessário fazer inscrição. As famílias devem conferir se são elegíveis a esse auxílio efetuando a consulta com o número do NIS no site.

Bolsa do Povo Educação

  • Benefício: contrato de trabalho nas escolas por 6 meses, com 4 horas diárias, totalizando 20 horas semanais de trabalho, especialmente em áreas responsáveis pela manutenção dos protocolos sanitários contra a pandemia da Covid-19, com bolsa de R$ 500 mensais.
  • Quem tem direito: os responsáveis legais dos estudantes matriculados na rede pública estadual de ensino, com idades entre 18 e 59 anos, residente de local próximo à unidade.
  • Como se candidatarinscrição no site.

Bolsa Talento Esportivo

  • Benefício: apoio financeiro que varia de R$ 415 mensais para a categoria estudantil até R$ 2.490 mensais para a categoria internacional.
  • Quem tem direito: atletas de qualquer modalidade em nível de excelência que pretendam representar São Paulo em competições.
  • Como se candidatar: é necessário se cadastrar no projeto e passar por uma avaliação.

Bolsa Trabalho

  • Benefício: oferta de trabalho em órgãos públicos por 4 horas diárias, 5 dias por semana, curso de qualificação profissional virtual, e bolsa-auxílio de R$ 535 por 5 meses.
  • Quem tem direito: cidadãos desempregados maiores de 18 anos em situação de vulnerabilidade social, com renda per capita menor do que meio salário mínimo, residentes no estado de São Paulo há mais de dois anos, que não sejam beneficiários de Seguro Desemprego ou qualquer outro programa assistencial equivalente.
  • Como se candidatar: inscrição de 24 a 30 de agosto, online, no site da prefeitura da cidade onde mora, caso ela esteja participando do programa.
Bolsa do Povo, vale gás, auxílio merenda e outros benefícios criados em São Paulo (Foto: Sérgio Lima/Poder360)
Bolsa do Povo, vale gás, auxílio merenda e outros benefícios criados em São Paulo (Foto: Sérgio Lima/Poder360)

Renda Cidadã

  • Benefício: transferência direta de renda no valor de R$ 100 por mês.
  • Quem tem direito: famílias em vulnerabilidade por desemprego ou subemprego, sem qualificação profissional, analfabetismo, más condições de saúde e de moradia, dependência química, e outras dificuldades.
  • Como se candidatar: o benefício será concedido mediante a frequência escolar das crianças da família e o acompanhamento na área de saúde, e é necessário buscar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para cadastro.

SP Acolhe

  • Benefício: transferência de renda em seis parcelas mensais de R$ 300, totalizando R$ 1.800.
  • Quem tem direito: famílias em situação de vulnerabilidade social, inscritas no CadÚnico com renda mensal familiar de até 3 salários mínimos (R$ 3.300,00), que perderam um ente familiar por Covid-19 desde o início da pandemia até 21 de junho de 2021.
  • Como se candidatar: não é necessário fazer inscrição. As famílias devem conferir se são elegíveis a esse auxílio efetuando a consulta com o número do NIS no site.

Aluguel Social

  • Benefício: subsídio para as despesas com moradia em caráter provisório de 12 meses, mas com possibilidade de prorrogação.
  • Quem tem direito: de baixa renda que tiveram suas residências afetadas por chuvas ou intervenções urbanas e/ou ambientais.
  • Como se candidatar: não há inscrição para recebimento do benefício.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA