Auxílio emergencial de R$600 vai voltar? OAB cobra volta dos pagamentos

Prestes a conceder a última parcela do auxílio emergencial, governo federal é intimado pela OAB. Nessa segunda-feira (27), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com uma ação exigindo que o Ministério da Cidadania tire do papel as políticas públicas de combate à fome. Entre as solicitações do texto, está a ampliação das parcelas do auxílio emergencial para R$ 600.

Auxílio emergencial de R$600 vai voltar? OAB cobra volta dos pagamentos (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Auxílio emergencial de R$600 vai voltar? OAB cobra volta dos pagamentos (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Há semanas o governo federal debate o futuro social do país em 2021. Diante dos entraves na implementação do Auxílio Brasil, passou-se a cogitar a renovação do auxílio emergencial que atualmente tem uma parcela máxima de R$ 375. Diante do cenário de instabilidade política, a OAB solicitou a intervenção do Supremo Tribunal Federal (STF).

Políticas públicas sociais devem ser entregues

No texto, a OAB solicita ao STF que o governo federal passe a ser obrigado a entregar as propostas sociais que ajudaram a reduzir os índices de pobreza em todo o país.

Segundo um levantamento feito pela organização, há mais de 8,8 milhões de pessoas em situação de fome e 19,1 milhões de pessoas lidando com a insegurança alimentar.

O documento pontua ainda que o atual cenário brasileiro é de desmonte de políticas públicas, afirmando que o governo federal vem negligenciando totalmente a vida de sua nação.

A atual gestão do governo federal muito contribui para esse cenário de miserabilidade”, diz a ação assinada pelo presidente da entidade, Felipe Santa Cruz.

Auxílio emergencial em 2022

Sendo pressionado por diversas instituições, o presidente Jair Bolsonaro informou que já está avaliando a possibilidade de manter o auxílio emergencial em 2022. Até o momento, no entanto, não foram definidos os valores das parcelas e não se sabe se haverão novos cortes na lista dos segurados.

Calendário da última rodada do auxílio em 2021

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento para beneficiários do Bolsa Família

  • NIS com final 1: 18 de outubro
  • NIS com final 2: 19 de outubro
  • NIS com final 3: 20 de outubro
  • NIS com final 4: 21 de outubro
  • NIS com final 5: 22 de outubro
  • NIS com final 6: 25 de outubro
  • NIS com final 7: 26 de outubro
  • NIS com final 8: 27 de outubro
  • NIS com final 9: 28 de outubro
  • NIS com final 0: 29 de outubro

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de pagamento (depósito em conta) para público geral 

  • Nascidos em janeiro – 20 de outubro
  • Nascidos em fevereiro -21 de outubro
  • Nascidos em março – 22 de outubro
  • Nascidos em abril – 23 de outubro
  • Nascidos em maio – 23 de outubro
  • Nascidos em junho – 26 de outubro
  • Nascidos em julho – 27 de outubro
  • Nascidos em agosto – 28 de outubro
  • Nascidos em setembro – 29 de outubro
  • Nascidos em outubro – 30 de outubro
  • Nascidos em novembro – 30 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 31 de outubro

Sétima parcela do auxílio emergencial 2021: calendário de saque para público geral

  • Nascidos em janeiro – 1º de novembro
  • Nascidos em fevereiro – 3 de novembro
  • Nascidos em março – 4 de novembro
  • Nascidos em abril – 5 de novembro
  • Nascidos em maio – 9 de novembro
  • Nascidos em junho – 10 de novembro
  • Nascidos em julho – 11 de novembro
  • Nascidos em agosto – 12 de novembro
  • Nascidos em setembro – 16 de novembro
  • Nascidos em outubro – 17 de novembro
  • Nascidos em novembro – 18 de novembro
  • Nascidos em dezembro – 19 de novembro

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA