4 formas de proteger a base de dados do seu e-commerce

A criação de lojas online, os chamados e-commerce, foram uma oportunidade sensacional para muitos pequenos empreendedores. Estes, que tiveram acesso ao mercado global, algo que não teriam a chance em suas lojas na era pré-digital. Mas essa possibilidade cria novos desafios, e a segurança é um deles.

4 formas de proteger a base de dados do seu e-commerce
4 formas de proteger a base de dados do seu e-commerce (Imagem: Mohamed Hassan por Pixabay)

Os ataques a pequenas empresas cresceram de forma considerável no último ano e a razão é fácil de explicar: se grandes empresas têm mais a ser roubado, mas elas também se protegem melhor.

As pequenas empresas muitas vezes têm uma segurança que pouco exige dos cibercriminosos, criando um cenário ideal para um roubo.

Por isso é importante proteger essas empresas e suas lojas com medidas que não são difíceis de implementar. Neste texto iremos trazer quatro.

Um bom antivírus não é de se descartar

Os antivírus evoluíram junto com os computadores e a internet e protegem de vários perigos, em diversos dispositivos e com um monitoramento constante.

Você pode proteger os seus dados em um PC usando um antivírus e assim criar uma barreira inicial robusta. Seja contra malwares, cavalos de tróia e outros ataques. Links maliciosos, arquivos contaminados e invasões também serão notificadas.

Senhas seguras, acessos bem pensados

É chato ter que pensar em senhas diferentes para cada plataforma e site usado. Pior ainda ter que pensar em uma senha que tenha um número, maiúscula, minúscula e caracteres especiais. Mas é necessário, especialmente em tudo que envolve uma loja digital.

Caso seja muito difícil, pense em uma estratégia de memorização ou até anotar em um papel com algum código ou escondendo muito bem esse papel.

Se você não for a única pessoa que tiver acesso ao sistema, será possível conceder credenciais para cada pessoa que trabalhar no projeto. Mas tome muito cuidado: um acesso que seja violado pode colocar tudo a perder. Por isso, as boas práticas de segurança precisam ser uma política obrigatória de sua empresa.

E se for possível não é preciso dar acesso completo a todos os colaboradores. No WordPress, ferramenta de publicação e gerenciamento de um site, é possível criar uma hierarquia de controle.

Nem todos precisam ser administradores, pode ter dois editores, por exemplo – e assim se ocorrer um vazamento, quem invadir não terá a porteira aberta.

Plataforma segura e HTTPS

A criação de uma plataforma segura é uma condição inegociável, assim como ao abrir um restaurante é preciso proteger seus clientes. Ao escolher sua plataforma onde será criada a loja online dê importância máxima às medidas de segurança que são oferecidas.

Por exemplo, garanta que seu site é HTTPS, ou seja, que tenha uma camada extra de proteção e criptografe todos os dados informados na navegação. O HTTPS é informado pelo Google com um cadeado ao lado da barra de endereços e o HTTPS antes do domínio – ex: htttps://www.lojaonline.com.br.

A plataforma segura irá gerar uma proteção extra no momento da informação de dados bancários ou do cartão de crédito, assim como dos dados pessoais – nome, endereço, CPF, telefone – para evitar vazamentos ou a possibilidade de um ransomware.

Colete só o necessário

A importância dos dados e como eles são uma moeda de troca na internet é uma ideia bastante martelada e que gerou como reação leis de proteção de dados. No Brasil a LGPD já está em ação e multa de forma pesada quem não se preocupa em dar segurança a essas informações tão importantes.

Por isso é importante não só criar uma plataforma segura como também dar o devido valor à privacidade. Claro que é interessante poder ter o telefone do comprador, mas se não for de vida ou morte para o funcionamento de seu negócio, não é preciso pedir essa informação. O mesmo serve para outros documentos.

Crie bancos de dados que façam sentido para sua empresa e para gerar engajamento, mas sempre pedindo consentimento, permitindo a retirada dos dados do banco se assim for pedido e levando informações e conteúdo legal para seus clientes.

Afinal, quantas vezes você já ficou chateado ou irritado com uma empresa que usa a comunicação da forma mais invasiva possível?.

Coletando só o necessário, na pior das hipóteses, o prejuízo não será considerável. E a quantidade de dados menor é sempre mais fácil de proteger.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Redação
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA