Governo do Amazonas lança o Auxílio Estadual pagando R$ 150 aos vulneráveis

Nesta segunda-feira, 13, o governador do Amazonas, Wilson Lima, fez um anúncio sobre o pagamento do Auxílio Estadual. O benefício voltado à população amazonense em situação de vulnerabilidade social, será capaz de amparar cerca de 300 mil famílias.

Governo do Amazonas lança o Auxílio Estadual pagando R$ 150 aos vulneráveis
Governo do Amazonas lança o Auxílio Estadual pagando R$ 150 aos vulneráveis. (Imagem: A Crítica)

O Auxílio Estadual do Amazonas pagará parcelas de R$ 150, cujo primeiro depósito deve ser efetuado no mês de novembro deste ano.

Ao todo, serão cerca de 158 mil beneficiários somente em Manaus, além de outros 142 mil nas demais cidades amazonenses do interior.

Na oportunidade, o governador Wilson Lima, mencionou a intenção de tornar o Auxílio Estadual permanente, criado com o objetivo de garantir a segurança alimentar e proteção social da população local.

Nos próximos dias, o Governo do Amazonas deve publicar um Decreto regulamentando o programa que terá um investimento mensal de R$ 45 milhões e anual de, aproximadamente, R$ 540 milhões. 

Vale mencionar que o Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre o Auxílio Estadual foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). O governador destacou que esta conquista é resultado do esforço e empenho para tornar realidade o propósito de amenizar os efeitos da pandemia da Covid-19 perante a população mais vulnerável. 

“Sabe por que nós estamos fazendo isso? Porque nós entendemos a necessidade de ajudar as pessoas que mais precisam em um momento tão complicado, em que a gente começa a voltar à normalidade de nossas vidas”, destacou Wilson Lima.

Para ter direito ao Auxílio Estadual permanente, o Governo do Amazonas, prevê que os interessados estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. Além do mais, também é preciso:

  • Eleger um responsável familiar com 18 anos ou mais; 
  • Ser, preferencialmente, um beneficiário do Bolsa Família;
  • Apresentar uma renda per capita familiar mensal de até meio salário mínimo, R$ 550. 

É importante ressaltar que terão prioridade no recebimento do Auxílio Estadual, as famílias que em sua composição tenham pessoas com deficiência (PCD), que sejam chefiadas por idosos ou mulheres. O número de dependentes como, filhos, enteados, netos e bisnetos também influenciará na concessão do benefício. 

O benefício será viabilizado através de um cartão magnético que será distribuído aos beneficiários após as etapas de inscrição, análise e concessão.

As parcelas de R$ 150 poderão ser usadas na compra de produtos alimentícios e itens de higiene pessoal e domiciliar vendidos por estabelecimentos credenciados junto ao governo estadual.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 101

Governo do Amazonas lança o Auxílio Estadual pagando R$ 150 aos vulneráveis

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA