Poupatempo volta a fazer transferência de CNH nos pontos presenciais

Os motoristas que mudam de cidade não podem esquecer de regularizar a situação de sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação), transferindo o documento para o local da nova moradia. Apenas no primeiro semestre deste ano, os postos do Poupatempo já receberam mais de 14 mil pedidos de transferências de CNH, sendo 7,5 mil alterações entre municípios de São Paulo e 6,5 mil de outros estados. 

Poupatempo volta a fazer transferência de CNH nos pontos presenciais
Poupatempo volta a fazer transferência de CNH nos pontos presenciais (Imagem: Veja São Paulo)

No caso de motoristas que mudam de casa, mas permanecem na mesma cidade, podem fazer o procedimento de alteração de endereço através dos canais do Poupatempo pela internet, no app Poupatempo Digital ou nos totens de autoatendimento. 

“Os serviços do Detran-SP são responsáveis por mais da metade dos atendimentos realizados pelo Poupatempo. Trabalhamos diariamente para viabilizar o acesso de toda a população, com segurança e qualidade, seja nos postos de atendimento presencial, mediante agendamento, ou de maneira online, com os 140 serviços oferecidos nos canais digitais do programa”, disse Murilo Macedo, diretor da Prodesp, empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo, responsável pelo Poupatempo.

Como fazer a transferência de CNH

Para fazer a transferência é preciso agendar um atendimento através do site do Poupatempo, selecionando a opção “transferência de CNH”.

Na data do agendamento é preciso comparecer à unidade selecionada portando a habilitação anterior, RG, CPF e comprovante de endereço (documentos originais e cópias simples).

Em casos em que a CNH tenha sido retida em alguma fiscalização, também é necessário apresentar guia de apreensão ou recolhimento.

Para a transferência interestadual é exigida uma nova coleta biométrica de foto, digitais e assinatura, procedimento que será feito no atendimento presencial.

Já no caso de mudanças municipais, se não houver nenhuma divergência nas informações cadastradas no sistema do Detran.SP, a biometria pode ser reaproveitada.

Caso a CNH esteja vencida, o motorista poderá fazer a transferência e a renovação do documento. 

Após pagar as taxas exigidas, o cidadão pode acompanhar a emissão de sua nova habilitação através dos canais eletrônicos do Poupatempo. O motorista receberá em sua residência  o novo documento através dos Correios.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.