Pronampe de sucesso! Nova rodada ganha mais adesão das empresas

Em apenas dois dias, se esgotaram os R$3,2 bilhões que o Banco do Brasil (BB) destinou para as micro e pequenas empresas na nova versão do Pronampe. De acordo com o banco, foram efetuados 36 mil empréstimos com um valor médio de R$89 mil cada.

Pronampe de sucesso! Nova rodada ganha mais adesão das empresas
Pronampe de sucesso! Nova rodada ganha mais adesão das empresas (Imagem FDR)

O presidente do BB, Fausto Ribeiro, afirmou que o Pronampe foi bem aceito pelas empresas que vem se preparando para a retomada da economia.

“Se nas primeiras fases o Pronampe foi importante para ajudar muitas empresas a atravessar um período de dificuldade, hoje o programa ajuda o segmento a dar um passo à frente e assim se preparar para um momento de maior crescimento da atividade econômica”, afirmou Fausto.

Para a nova fase do Pronampe, o governo colocou R$5 bilhões no Fundo Garantidor de Operações (FGO), que devem se transformar em R$25 bilhões em empréstimos para as pequenas empresas. A projeção é que os bancos superem o valor garantido e utilizem os recursos próprios para os empréstimos.

No início da última semana, foi iniciado um período de testes. Os empréstimos começaram pra valer na quarta, 7. O governo espera atender até 325 mil empresas nesta nova fase do programa.

Michael Dantas, o subsecretário de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, Empreendedorismo e Artesanato do Ministério da Economia, afirmou que o montante de R$25 bilhões não será o bastante para todas as empresas e que o governo estuda medidas estruturantes para agilizar a concessão dos empréstimos, mediante o Sistema Nacional de Garantias.

No início do último mês, Carlos da Costa, o secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, afirmou que em sua visão, não será necessário um novo aporte de recursos. Porém, que se a demanda fosse grande, o governo iria analisar a necessidade e o impacto de um possível novo aporte.

Quem pode ser beneficiado   

O Pronampe é direcionado para as microempresas que tem até R$ 360 mil de faturamento anual, e empresas de pequeno porte, que contam com faturamento de até R$ 4,8 milhões por ano.

Para ter o crédito concedido, é necessário estar em dia com as declarações enviadas à Receita Federal.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.