Cotação do dólar tem dia de oscilação após altas consecutivas

Nesta quarta, 7, o dólar voltou a ser negociado em alta com os investidores examinando a ata da última reunião do Federal Reserve, o Banco Central dos EUA, buscando possíveis indicativos sobre o que vem por aí na política monetária norte-americanas. 

Cotação do dólar tem dia de oscilação após altas consecutivas
Cotação do dólar tem dia de oscilação após altas consecutivas (Imagem FDR)

Cotação

Às 15h31, o dólar crescia 0,13%, sendo negociado a R$ 5,2113. Até o momento, atingiu  R$ 5,2808 na máxima. Já na mínima, a moeda recuou a R$ 5,1708. O Ibovespa opera em alta.

Nesta terça, a moeda americana cresceu 2,40% e foi negociada a R$ 5,2087. Esta foi a maior alta para um único dia desde 18 de setembro, quando o dólar teve um crescimento de 2,83%. Com este resultado, zerou a queda no ano e passou a acumular alta de 0,41% frente a moeda brasileira. No mês, já o dólar subiu 4,74%.

O Banco Central fará nesta sessão leilão de swap tradicional para rolagem de até 15 mil contratos com data de vencimento em janeiro e maio de 2022.

Simule a cotação do dólar no dia de hoje, acessando nossa calculadora.

Cenário interno e externo 

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que as vendas do varejo aumentaram 1,4% em maio em comparação com o mês anterior, se tornando o segundo mês seguido de alta consecutiva, mas ainda abaixo do projetado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Os investidores ainda estão de olho nos desdobramentos da CPI, maio fonte de ruídos políticos da atualidade. 

No mercado internacional, o foco está na ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve, divulgada hoje.

Segundo a avaliação das autoridades do FED, o objetivo de mais progresso substancial da recuperação dos Estados Unidos ainda não foi plenamente atingido de maneira geral. Apesar de que os participantes ainda aguardam a continuidade dos avanços.

Diferença do dólar de turismo e comercial

O preço da moeda é sempre mais alto para os turistas do que o valor divulgado no câmbio comercial.

O dólar comercial é usado para movimentações financeiras do governo no exterior e para empréstimos de brasileiros que moram fora do Brasil. Ele também é base para grandes empresas realizarem importações e exportações de mercadorias.

Já o dólar turismo vale para os consumidores que compram o dinheiro em casa de câmbio para viajar, por exemplo. Quando compramos algo em sites estrangeiros por exemplo, é o valor turismo que é considerado.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.