Banrisul assume pagamento do auxílio emergencial no Rio Grande do Sul

O auxílio emergencial gaúcho chegou a segunda fase. Desta vez, o Governo do Rio Grande do Sul (RS) irá amparar as empresas optantes pelo regime tributário do Simples Nacional. 

Banrisul assume pagamento do auxílio emergencial no Rio Grande do Sul
Banrisul assume pagamento do auxílio emergencial no Rio Grande do Sul. (Imagem: Jornal NH)

Mas este não é o único critério que dá direito ao auxílio emergencial do Estado do RS, também é preciso estar registrado em atividades de setores específicos, como alojamentos, alimentação e eventos.

A cota única no valor de R$ 2 mil, será viabilizada pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul).

A instituição financeira será responsável por creditar o valor em conta junto ao próprio Banrisul ou em outras agências conforme indicado por cada beneficiário no ato da inscrição.

Na situação específica dos clientes do banco, o pagamento será feito mediante uma nova conta criada automaticamente para este fim, denominada de conta Associada. 

De acordo com os dados apurados pela Secretaria Estadual do Turismo, 11.335 empresas se inscreveram para receber o auxílio emergencial gaúcho.

Este benefício visa contemplar os setores mais afetados pela pandemia da Covid-19, considerando também que estes sofrem com a frequente inconstância com o abre e fecha com base nas medidas restritivas de cada região. 

O total de empresas inscritas equivale a 60% da expectativa inicial, diante da estimativa de, aproximadamente, 19.500 empresas.

No momento, a equipe técnica do Governo Estadual está analisando a documentação e informações apresentadas pelos interessados, para decidir se a verba será ou não liberada. Ressaltando que o investimento para atender este grupo é de R$ 38,9 milhões. 

De acordo com a Lei nº 15.604 que dispõe sobre o auxílio gaúcho, além de amparar os estabelecimentos dos setores de alojamento, alimentação e eventos.

O benefício também tem o intuito de assegurar a subsistência mínima que seja do grupo já contemplado, composto por mães chefes de famílias monoparentais. 

Essas mulheres receberam uma parcela única de R$ 800. A meta traçada pelo Governo do RS é de repassar até R$ 107 mil por meio da transferência de renda para cerca de 104,5 mil beneficiários. 

Conforme mencionado anteriormente, os empresários clientes do Banrisul receberão a parcela de R$ 2 mil do auxílio emergencial em uma conta Associada. Ela permite uma série de movimentações. 

Auxílio pago no Banrisul

O acesso ao aplicativo Banrisul Digital será feito com o cartão financeiro da conta de pessoa jurídica. Para isso, é preciso selecionar a opção de extratos ou pagamentos no menu da conta Associada e seguir com o procedimento desejado. O saldo pode ser transferido, usado para pagar contas, etc.

Caso o cliente tenha a intenção de acessar o Home e Office Banking, é preciso fazer o acesso utilizando o cartão com chip vinculado à conta principal. Na sequência, o procedimento é o mesmo do aplicativo, ou seja, basta escolher o combo desejado da conta Associada, conforme exemplificado acima. 

Agora, para movimentar o auxílio emergencial gaúcho nos caixas eletrônicos do Banrisul, o cliente também precisa inserir o cartão da conta principal no terminal eletrônico.

Em seguida, basta selecionar a quinta alternativa que é a de “Serviços”, na sequência escolar o dígito oito de “Outras Contas”, e por fim, a opção um que diz “Selecionar conta e escolher a conta Associada”. 

Feito este passo a passo, o terminal retorna ao menu principal permitindo que o cliente opte pela transação desejada, que vai desde pagamento de contas, transferências ou saques.

Ressaltando que o cliente Banrisul com conta Associada poderá movimentá-la somente pelos canais virtuais com o Cartão Virtual Financeiro ou o cartão com chip da conta principal. Isso porque, o Cartão Consulta permite apenas o acesso à consulta de saldos e extratos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.