ProUni para idosos: Câmara aprova bolsas de estudos para brasileiros acima dos 60 anos

Projeto aprova que 10% das bolsas do PROUNI sejam destinadas às pessoas com mais de 60 anos de idade. Esse público vai poder financiar cursos de graduação e pós-graduação.

ProUni para idosos: Câmara aprova bolsas de estudos para brasileiros acima dos 60 anos
ProUni para idosos: Câmara aprova bolsas de estudos para brasileiros acima dos 60 anos (Imagem/Montagem: FDR)

O Programa Universidade Para Todos é voltado a ofertar bolsas de estudos em instituições particulares para pessoas que não tem condições de pagar um curso de nível superior. As bolsas são de 50% ou 100%, de acordo com a faixa de renda em que o candidato se enquadre.

O lado bom do programa é permitir essa inserção sem que o estudante tenha que pagar pelo curso após ter se formado, como acontece com alguns financiamentos.

PROUNI para pessoas com mais de 60 anos

Com a recente aprovação, o programa deve destinar 10% das suas bolsas totais para pessoas com 60 anos de idade ou mais. Para ter direito é necessário estar enquadrado na faixa de renda familiar mensal inferior a dois salários mínimos.

Desses 10%, metade será para as bolsas parciais e a outra metade para as integrais. Além das graduações, esse grupo também poderá fazer cursos de pós-graduação stricto sensu, esses cursos são especializações, como o MBA, com duração máxima de 360 horas.

De acordo com a proposta, caso as vagas não sejam preenchidas elas serão destinadas aos demais estudantes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

A proposta ainda terá que ser aprovada pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Prouni do Segundo semestre

É comum que ao longo do ano o Programa Universidade Para Todos realize dois processos seletivos regulares; em ambos são distribuídas bolsas de estudos, que podem ser de 50% ou 100%.

Além desses processos regulares ainda é possível que aconteça uma seleção para preenchimento das vagas remanescentes.

  • Inscrições: 13 a 16 de julho
  • 1ª chamada: 20 de julho
  • Comprovação das informações: 20 a 28 de julho
  • 2ª chamada: 3 de agosto
  • Comprovação das informações: 3 a 11 de agosto
  • Inscrição na lista de espera: 17 e 18 de agosto
  • Divulgação da lista de espera para as instituições de ensino:20 de agosto
  • Comprovação das informações:23 a 27 de agosto

Vale lembrar que nessa segunda seleção do ano os candidatos usarão a nota do Exame Nacional do Ensino Médio de 2020, o que não foi possível na seleção anterior por conta da data de aplicação das provas.

Acompanhe a editoria de carreiras do FDR  e fique bem informado.

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.