Banco digital do BB e Bradesco usa limite do cartão de crédito para PIX

Nesta semana, o Digio, banco digital do Bradesco e do Banco do Brasil, passou a oferecer aos usuários a possibilidade de utilizar até 40% de seu limite de crédito para efetuar transferências e pagamentos via PIX. Saiba mais.

Banco digital do BB e Bradesco usa limite do cartão de crédito para PIX
Banco digital do BB e Bradesco usa limite do cartão de crédito para PIX (Imagem: Reprodução/ Exame Invest)

Os valores podem variar entre R$50 e R$3 mil, porém serão usados na modalidade parcelada em até 12 vezes, com taxa de juros de 9,9% ao mês, acima do que é oferecido pelo mercado.

Um usuário que possui, por exemplo, um limite de crédito de R$1.000, pode utilizar R$400  para realizar fazer transferências e pagamentos pelo Pix. O valor utilizado será parcelado na fatura do cartão, com juros.

Para utilizar o parcelamento no app, clique no botão PIX que fica na seção “Minha Conta” e depois selecione “Pagar com o PIX”.

No menu “Como deseja pagar?”, o usuário do  Digio pode selecionar a forma de pagamento. Na sequência ele deve selecionar a opção “Parcelar no DigioCartão” e escolher o número de parcelas que deseja. 

“Essa funcionalidade mantém a instantaneidade do Pix para os clientes efetuarem transferências mesmo sem o valor necessário na conta de maneira rápida, simples e sem burocracia, visto que o crédito já está pré-aprovado. Em breve, devemos ter outras faixas de juros aos clientes diante do desenvolvimento do produto financeiro. Nossa maior preocupação foi permitir o crédito de forma simples”, explicou Marcelo Scarpa, diretor-executivo do Digio.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Juros mais altos que a média do mercado

Os juros de 9,9% cobrados pela novidade são os mesmos do parcelamento tradicional da fatura do cartão, sem o uso do PIX e ainda maiores que a média nacional.

De acordo com dados do Banco Central, a taxa média do parcelamento do cartão de crédito foi de 8,48% ao mês em abril.

Bola de neve

De acordo com especialistas em educação financeira, o cartão de crédito deve ser utilizado com cautela para que não aconteça um endividamento. Muitas pessoas acabam gastando mais do que ganham no mês e isso pode acabar gerando uma bola de neve quando aos dívidas começam a acumular.

  

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.