Matrícula nas vagas de suplente da CNH Social terminam este mês no ES

Na terça-feira (1), o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) divulgou uma lista com as vagas suplentes da primeira fase do programa CNH Social 2021

Matrícula nas vagas de suplente da CNH Social terminam esse mês no ES
Matrícula nas vagas de suplente da CNH Social terminam esse mês no ES (Imagem: Reprodução/CNH Social)

Assim, os candidatos que estavam inscritos e não foram selecionados na primeira lista. A lista dos selecionados pode ser acessada no site do Detran: www.detran.es.gov.br.

Ao todo, serão convocados cerca de 373 candidatos suplentes para obter a primeira habilitação, adicionar ou mudar categoria de forma totalmente gratuita. Eles devem respeitar os prazos de matrícula e das demais etapas do processo de habilitação.

O diretor geral do Detran do Espírito Santo, Givaldo Vieira, disse:

“Com a convocação da lista de suplentes, conseguiremos preencher as vagas remanescentes com vistas ao aumento da efetividade do programa CNH Social. Isso é importante, porque abre oportunidade para beneficiar mais candidatos e possibilita aproveitar ao máximo as vagas disponibilizadas no programa. Assim como a inscrição, a matrícula é on-line e todo o processo respeita às medidas de segurança, sem colocar em risco candidatos, credenciados, examinadores e servidores. Os selecionados devem ficar atentos aos prazos para que possam concluir o benefício e obter a CNH”.

Essas vagas disponíveis na lista de suplentes são as que não foram preenchidas pelos candidatos selecionados na primeira lista. Devido ao não cumprimento dos prazos estabelecidos para o andamento do processo de habilitação, e que foram desclassificados.

Como se matricular nas vagas da CNH Social?

Os candidatos que estiverem selecionados devem obedecer os prazos de abertura e conclusão das etapas do processo de Habilitação.

A partir da publicação da lista de suplentes (1° de junho), o candidato terá 15 dias para realizar a matrícula on-line no site www.detran.es.gov.br, na aba ‘CNH Social’. 

O candidato deverá preencher os requisitos solicitados para ter acesso à informação de em qual Centro de Formação de Condutor (CFC) realizará a abertura do seu processo de habilitação, junto ao Sistema RENACH, bem como os documentos necessários que deverá providenciar.

Seleção

Na sua 1ª fase foram disponibilizadas cerca de 3 mil vagas, que atraíram mais de 59.064 interessados em obter de forma totalmente gratuita a Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) ou para a adição de categoria A ou B.

A seleção é feita de forma eletrônica, de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa, que consideram, com base nos dados informados pelo cidadão no Cadastro Único:

A menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição.

Entre os candidatos que se declararam Pessoa com Deficiência (PCD), poderão ser contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.