Esqueci de enviar a declaração do Imposto de Renda 2021; e agora?

Segunda-feira (31), foi o último dia para entregar a declaração do Imposto de Renda (IRPF). É necessário ter cuidado, na correria de última hora, para não cair na malha fina ou pagar multa por informar dados incorretos ou incompletos.

Esqueci de enviar a declaração do Imposto de Renda 2021; e agora?
Esqueci de enviar a declaração do Imposto de Renda 2021; e agora? (Foto: FDR)

Aqueles que deixaram de declarar acabam pagando multa. Na semana de envio do documento, 7 milhões de pessoas ainda não tinham entregado a declaração do Imposto de Renda.

Os contribuintes acabam caindo na malha fina, por conta da sua declaração ter inconsistência, como erros de digitação e até omissão de informações.

Isso faz com que o contribuinte tenha que retificar a sua declaração para saber se vai restituir ou pagar algo para a Receita. 

O que fazer se perdeu o prazo de envio do IRPF

Não é nada interessante deixar de enviar a declaração do Imposto de Renda para a Receita Federal. Quando o sistema identifica que o cidadão não prestou contas ao Fisco, são geradas uma série de consequências, e o CPF do indivíduo ganha o status de “pendente de regularização”.

Fazendo com que o brasileiro fique impedido de tirar passaporte, prestar concurso público, fazer empréstimo e até mesmo abrir uma conta bancária. Caso tenha imposto a pagar, sua conta corrente incluindo a conta salário, pode ficar bloqueada.

Por isso, é muito importante cumprir com suas obrigações como contribuinte. Tendo perdido o prazo, o cidadão deve instalar o programa do IRPF no seu computador (baixe aqui!) e preencher a declaração normalmente. A Receita dá um prazo de cinco anos para receber o documento atrasado.

Depois de enviar, o cidadão pode inclusive ter restituição a receber. Mas vale lembrar que será cobrada multa de 1% ao mês sobre o valor do imposto atrasado.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 

Sair da versão mobile