Pandemia força crescimento do e-commerce e cria 90 mil vagas de emprego

Com a calamidade pública em que o país apresenta, devido ao advento da pandemia, o e-commerce apresentou um crescimento significativo criando mais de 90 mil vagas de emprego. A maioria dessas oportunidades são encontradas nos setores de entrega, logística e tecnologia da informação.

Pandemia força crescimento do e-commerce e cria 90 mil vagas de emprego
Pandemia força crescimento do e-commerce e cria 90 mil vagas de emprego (Imagem: Reprodução Neil Patel)

Crescimento do e-commerce

Estamos há um pouco mais de um ano de pandemia e, a maior parte desse tempo deparamo-nos com comércios, lojas, bares e restaurantes fechados. O resultado dessa ação foi o crescimento expansivo do setor de e-commerce, no qual gerou mais de 90 mil vagas de emprego.

Os setores de logística e entregas foram os que mais geraram novas oportunidades de emprego, por conta das suas vendas on-line, entregas e disputas de oferecer o frete mais barato aos seus clientes.

De acordo com o levantamento da Ebit Nielsen, em 2020 o setor de e-commerce somente no Brasil atingiu o valor de R$ 87,4 bilhões de vendas, nesse primeiro ano de pandemia. Foi o recorde do segmento com uma alta de 41% em relação a 2019.

Empresas com vagas de emprego abertas

A Magazine Luiza é uma das empresas na qual bateu o recorde de vendas no e-commerce. No primeiro trimestre de 2020 suas vendas foram de 53%, já no primeiro trimestre deste ano, 2021, as vendas foram de 70%. Isto é, o resultado foi de um aumento de 63% no total de vendas.

Conforme comentou Wiliam Miguel, gerente de gestão de pessoas da logística da empresa:

“O perfil dos profissionais está cada vez mais diverso. Temos uma base de equipe que é operacional, com funções de conferência, assistentes, operadores de empilhadeira. Além desse perfil, precisamos cada vez mais de gente com perfil estratégico, visão analítica, como cientistas de dados, engenheiros, técnicos em automação.”

O Mercado Livre anunciou nesta semana que vai começar, em breve, o processo de contratação de 7.500 pessoas no Brasil. Além disso, a Magazine Luiza, Via (ex-Via Varejo) e Amazon também vão contratar mais profissionais.

Na Amazon encontramos mais de 300 vagas de emprego abertas, para vários cargos e áreas da empresa.

Dessas empresas citadas as e setores áreas que mais oferecem vagas de emprego são: Logística, Tecnologia da Informação, Operação, Finanças e cargos de Liderança.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pandemia força crescimento do e-commerce e cria 90 mil vagas de emprego

Mariana Castro
Mariana Castro é formada em Pedagogia pela Universidade Brás Cubas em Mogi das Cruzes - SP. Atualmente trabalha como professora na rede privada de ensino e dedica-se a sessão de carreiras do FDR, produzindo pautas sobre educação e emprego.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA