Vagas de emprego crescem no primeiro trimestre de 2021 para ESTES cargos

Oportunidades no mercado de trabalho. Na última semana, um levantamento da empresa de tecnologia, Gupy, revelou que há setores com índice de recontratação em alta. De acordo com a base de dados de seus recursos humanos, no início deste ano houve um aumento de 45% nas vagas de emprego em comparação com o último trimestre de 2020. Saiba os cargos mais requisitados.

Vagas de emprego crescem no primeiro trimestre de 2021 para ESTES cargos (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Vagas de emprego crescem no primeiro trimestre de 2021 para ESTES cargos (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Enquanto o Brasil vive uma das maiores crises econômicas da sua história, a população vem se desdobrando para manter sua carteira assinada.

Para aqueles que não foram desempregados o clima é de incerteza e instabilidade. Já quem busca por uma vaga de emprego deve ficar atento aos cargos e setores com maior índice de contratação.

Andamento do mercado de trabalho em 2021

Até o momento, segundo as pesquisas da Gupy, há cerca de 200 mil vagas de trabalho em aberto, sendo 36% destinada para a área de saúde e varejo. O levantamento mostrou que ao longo do último trimestre os mais contratados atuavam na:

  • Saúde: 20%
  • Varejo: 16%
  • Telecomunicações: 6,5%
  • Indústria: 4,8%
  • Logística: 4,4%
  • Serviços financeiros: 3,75%

Oferta de empregos em alta no Brasil (por cargo)

Analisando os índices de admissão de acordo com o cargo ocupado, de modo geral percebeu-se uma preferencia por aqueles com um baixo nível fundamental de escolaridade, o que significou 40% das vagas.

Para aqueles com o ensino superior completo, a porcentagem é bem inferior, totalizando aproximadamente 15%. Confira os índices por cargo:

  • Operador: 39,85%
  • Auxiliar: 21%
  • Analista: 14%
  • Técnico: 6,91%
  • Estagiário: 4,89%
  • Especialista: 3,73%
  • Supervisor: 2,9%
  • Gerente: 2,52%
  • Coordenador: 2%
  • Consultor: 1,2%
  • Diretor: 1%

Preferência dos departamentos e regiões com maior contratação

Por fim, o estudo relevou ainda que o departamento com o maior número de contratação foi o de operação que teve um aumento de 20,49%.

Já no setor comercial a media foi de 16,16%. Para quem atua no administrativo o total foi de 14,98% e o atendimento ao cliente ficou com 10,63%.

Os dados mostraram ainda que as maiores oportunidades de emprego estão na região Sudeste, com 48% das vagas e 55,37% dos candidatos.

No Sul o índice foi de 18% de vagas e 17,5% de candidatos. Na sequencia estava o Nordeste com 17,55% de vagas e 16,3% de candidatos.

Para mais informações sobre o mercado de trabalho acompanhe nossa página de carreiras exclusiva.

Nela você pode acompanhar as seletivas privadas e públicas que estão e aberto e ter acesso a dicas para levantar o seu currículo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.