PIS/PASEP 2021: Confira valor do piso e teto para o abono salarial

Governo anuncia novo valor para o PIS/PASEP 2021. Nessa semana, o ministério da economia liberou uma previsão do piso nacional válido a partir de 2022. O reajuste significa alterações não só no salário dos trabalhadores, como também em seus benefícios segurados pelo regime CLT. Abaixo, saiba como fazer o cálculo de seu abono.

publicidade
PIS/PASEP 2021: Confira valor do piso e teto para o abono salarial (Imagem: Agência Brasil)
PIS/PASEP 2021: Confira valor do piso e teto para o abono salarial (Imagem: Reprodução/Agência Brasil)

Um novo salário mínimo já foi divulgado para 2022 e isso significa também mudanças na concessão do PIS/PASEP. De acordo com o governo federal, o piso nacional será de R$ 1.147, ou seja, R$ 47 mais alto do que o atual valor de R$ 1.100.

Isso implica dizer que o abono salarial também ficará mais caro, gerando mudanças minimamente positivas para a população.

publicidade

Novo cálculo do PIS/PASEP

Quem for receber o benefício em 2021, levando em consideração o período de trabalho prestado em 2021, deve ficar atento. O cálculo deverá ser feito já com base no piso nacional de R$ 1.147 mediante o tempo de ofício exercido.

Para quem estiver de carteira assinada de janeiro a dezembro de 2021, o benefício será de R$ 1.147 integralmente. Já aqueles com o tempo mínimo de 30 dias, terá uma parcela de R$ 95,58. Quem exercer o ofício por seis meses ficará com o valor de R$ 573.

De modo geral, basta contabilizar o tempo de serviço prestado em mês e dividir pelo valor do salário mínimo. É importante ressaltar, no entanto, que não há a necessidade de completar todos os 25 dias úteis de serviço.

Digamos que um cidadão que trabalhou entre 3 de maio e 12 de junho, terá direito de dois meses de abono.

Pagamento do PIS/PASEP 2020

Para este ano há algumas modificações. Quem exerceu o trabalho em 2019 e ainda não sacou o salário deve ficar atento, pois o prazo máximo é até 30 de junho.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Já os valores do cronograma oficial de 2020, que deveria ser concedido a partir de julho deste ano, foi remarcado apenas para fevereiro de 2022, ou seja:

publicidade
  • O tempo de serviço prestado em 2020 só será pago em 2022
  • A jornada de 2019 ficará disponível até 30 de junho deste ano
  • Os salários do trabalho realizado em 2021 serão pagos em 2022 com um novo valor máximo de R$ 1.147.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!