Consulta para saber se foi aprovado no auxílio emergencial 2021; passo a passo

Período para consulta do auxílio emergencial ainda está em aberto. Os brasileiros que estão em dúvida se terão ou não direito ao benefício devem ficar atentos. Para otimizar o procedimento de fiscalização, o governo federal vem disponibilizando plataformas digitais de checagem. O procedimento é gratuito e solicita o número do CPF para a identificação. Acompanhe.

Consulta para saber se foi aprovado no auxílio emergencial 2021; passo a passo (Imagem: FDR)
Consulta para saber se foi aprovado no auxílio emergencial 2021; passo a passo (Imagem: FDR)

Se você deseja saber se será ou não um contemplado do auxílio emergencial, saiba que não é preciso ir até uma agencia da Caixa. Tendo em vista os riscos de contágio pela covid-19, o governo federal criou plataformas de consulta inteiramente digitais. Há duas formas de se informar, pelo site ou por aplicativo.

Consulta do auxílio emergencial no site

Quem quiser fazer a consulta pelo computador é simples. Basta se conectar ao link https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/ e preencher o formulário de identificação. Os dados que devem ser repassados são:

  • Número do CPF do titular contemplado
  • Nome completo do titular contemplado
  • Data de nascimento do titular contemplado
  • Nome completo de sua mãe.

Uma vez repassadas as informações, clique em ‘não sou um robô’ e depois em ‘confirmar’. O site irá gerar uma pergunta teste, basta responder e selecionar a opção ‘avançar.’ Pronto, agora é só aguardar e verificar o resultado que será exibido na tela em questão se segundos.

Consulta pelo celular via aplicativo

No caso daqueles que desejarem ter acesso às informações pelo telefone é simples. Primeiro, instale o aplicativo ‘Caixa auxílio emergencial’ no seu dispositivo. Ele está disponível na loja de apps do seu aparelho e é totalmente gratuito.

Com a ferramenta baixada, abra sua tela inicial e selecione a opção ‘acompanhe seu benefício’. Depois, informe o número do seu CPF; nome completo; nome da mãe; data de nascimento e marque a opção “não sou um robô”.

Por fim, aguarde o período de validação e em instantes a tela exibirá o resultado da sua consulta.

Período de contestação

Para quem teve o benefício negado, a Caixa Econômica Federal e o governo federal deram a possibilidades de contestação até ontem, dia 12 de abril.

Agora, resta aguardar o resultado fazendo a consulta nos meios informados. Caso sejam aprovados, o banco deve criar um novo calendário para incluir esse grupo.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.