PIS/PASEP fará novos pagamentos para inscritos em 2021; veja calendário

Pontos-chave
  • Trabalhadores podem fazer novo saque do PIS/PASEP em 2021;
  • Calendário de retirada ficará disponível até junho deste ano;
  • Pagamento da jornada de 2020 foi adiado para 2022.

Trabalhadores passam a ter direito há novo pagamento pelo PIS/PASEP. Nas últimas semanas, o governo federal informou que estará adiando a concessão do abono salarial de 2021 para 2022. No entanto, quem prestou serviço nos últimos 2 anos ainda tem um saque disponível até junho deste ano.

PIS/PASEP fará novos pagamentos para inscritos em 2021; veja calendário (Imagem: Reprodução Google)
PIS/PASEP fará novos pagamentos para inscritos em 2021; veja calendário (Imagem: Reprodução Google)

Anualmente o governo federal faz o pagamento do PIS/PASEP. Trata-se de um benefício destinado a classe trabalhadora que tenha uma renda mensal máxima de até dois salários mínimos.

Normalmente, os valores são repassados entre julho e junho do ano seguinte, mas devido a crise da covid-19 ficará apenas para fevereiro de 2022.

Remarcação do PIS/PASEP 2021

Segundo a equipe econômica federal, a decisão de adiar a concessão do abono salarial foi motivada mediante a necessidade de manter as contas da União. Com a permanência da covid-19, o governo permanecerá efetuando os pagamentos do BEm para quem teve a jornada de trabalho reduzida.

Isso implica dizer que, ao remarcar o PIS/PASEP para 2022, a equipe federal estará fazendo uma distribuição interna de renda. O valor usado para pagar o abono salarial, ficará agora sob encargo das prestações do BEm, até que novos recursos sejam contabilizados.

Quem ainda pode fazer saque do abono salarial neste ano?

Tendo em vista que o cronograma de pagamentos com ano base de 2018 e 2019 ainda não foi totalmente encerrado, apenas esse grupo ainda tem a autorização do saque. Quem trabalhou durante os anos citados e não fez a retirada financeira tem até o mês de junho para usar o benefício, caso contrário ficará travado sem possibilidade de novo uso.

O governo reforçou que a retirada deverá ser feita até 30 de junho. De acordo com os dados da Caixa, há cerca de 887 mil pessoas que ainda não sacaram a quantia, que resulta em um montante de R$ 625 bilhões apenas para o PIS.

Já os números do pasep mostram que há 208 mil trabalhadores que devem fazer seus saques. O total deste grupo é de R$ 96 milhões gerenciados pelo Banco do Brasil.

​Quem tem direito ao PIS/PASEP

Pelas regras atuais do projeto, pode receber até um salário mínimo o cidadão que:

  • Trabalhou por pelo menos 30 dias, com carteira assinada, no ano anterior ao início do calendário.
  • Ter renda máxima de dois salários mínimos por mês, durante o período em exercício.
  • Estiver inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e a empresa deve ter informado os dados do empregado de forma correta ao governo brasileiro.
PIS/PASEP fará novos pagamentos para inscritos em 2021; veja calendário (Imagem: Minne Santos)
PIS/PASEP fará novos pagamentos para inscritos em 2021; veja calendário (Imagem: Minne Santos)

Qual o valor do abono?

O valor do PIS/PASEP é corrigido anualmente. Para quem for receber sobre o ano base de 2019 a quantia máxima é de R$ 1.045, salário mínimo em vigor na época. Já para quem for receber a partir de 2020, o pagamento é de R$ 1.100, tendo em vista o atual salário mínimo.

É importante ressaltar que o valor do piso nacional é utilizado como teto. Porém, a aquisição total só é concedida para quem trabalhou por todos os 12 meses. No caso de quem prestou serviço por apenas 30 dias basta pegar o valor total do salário mínimo e dividir por 12. O mesmo se aplica para quem esteve de carteira assinada por seis meses e assim por diante.

Como consultar e sacar o Pasep?

Os servidores públicos que desejarem ter acesso as informações de seu pasep deve acessar o site www.bb.com.br/pasep. Há ainda chances de consulta através do telefone SAC/BB 0800-7290722 ou nas unidades presenciais da agencia.

Basta informar o número do CPF ou do próprio PASEP e conferir o valor contabilizado e data estipulada para o pagamento.

É importante ressaltar que nesse caso os depósitos são feitos diretamente na conta corrente do cidadão, podendo ele sacar através de seu cartão bancário.

Como consultar e sacar o PIS?

Já para o servidor privado, a consulta da PIS deve ser feita no site da Caixa ou pelo atendimento telefônico 0800-7260207. Para esse grupo, o pagamento é feito através da instituição que libera datas de retirada de acordo com o mês de aniversário.

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.