Prefeitura de Curitiba bloqueia cartão de transporte de infectados por COVID-19

Em Curitiba, os usuários do cartão de transporte que testarem positivo para a covid-19, não poderão utilizar o cartão por sete dias. A prefeitura informou que o cartão destes usuários será bloqueado a partir da data de confirmação do exame PCR. Saiba mais detalhes.

Prefeitura de Curitiba bloqueia cartão de transporte de infectados por COVID-19
Prefeitura de Curitiba bloqueia cartão de transporte de infectados por COVID-19 (Imagem Google)

O bloqueio será aplicado em todas as variações do cartão: usuário, isento, estudantes e idosos. Passados os sete dias, o usuário deve agendar o desbloqueio através do site da URBS.

A URBS, segundo a prefeitura, se baseou no termo que cada cidadão assina no momento em que recebe o resultado positivo do teste RT-PCR, em que se compromete com um isolamento de sete dias.

Desde o último dia 13 de março, Curitiba se encontra em bandeira vermelha que significa alerta máximo contra o coronavírus. A cidade registrou 3.561 mortes e 166.314 casos confirmados pela Covid-19, desde o início da pandemia, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgados na última terça, 23.

A finalidade da medida é fazer com que pessoas infectadas pelo coronavírus fiquem em casa e não desobedeçam o isolamento social que pode trazer risco a saúde de outros usuários dos ônibus.

O bloqueio será possível através do compartilhamento de dados entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Urbanização de Curitiba (Urbs).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

“Assim que a saúde compartilhar os dados, automaticamente os cartões destes pacientes não poderão ser utilizados. É uma medida de precaução importante para evitar a propagação da pandemia”, diz o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

A URBS diz que cerca de 60% dos pagamentos no transporte público são efetuados através dos cartões. Atualmente, são 1,8 milhão de cartões-transporte usuário, 170,3 mil cartões do idoso, 15,5 mil isentos e 772 de estudantes ativos na capital.

Sorteio do Nota Paraná libera prêmio de R$1 milhão

Uma contribuinte de Curitiba ganhou sozinha o prêmio de R$1 milhão sorteado pelo Programa Nota Paraná. De acordo com a coordenação do programa, o segundo prêmio de maior valor, R$200 mil também saiu para uma mulher da cidade de Palmas, região sul do Paraná.

O Nota Paraná sorteou também outros 40 prêmios de R$ 10 mil e 40 mil de R$ 10 para contribuintes participantes.

Foram sorteados no total, R$ 4,2 milhões, sendo R$ 2 milhões para pessoas com CPF cadastrado e R$ 2,3 milhões para organizações sociais cadastradas e que receberam doações de notas fiscais.

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.