Inscrição no auxílio emergencial 2021 já começou? Pagamento será em abril

A nova rodada do auxílio emergencial 2021 começa a ser paga no mês de abril. Neste sentido, muitos brasileiros se questionam sobre a possibilidade de ainda se inscrever no benefício. Porém, novos cadastros não serão permitidos.

Inscrição no auxílio emergencial 2021 já começou? Pagamento começa em abril
Inscrição no auxílio emergencial 2021 já começou? Pagamento começa em abril
(Imagem: Reprodução)

Atualmente, o Governo Federal tem trabalhado no intuito de estabelecer os critérios de concessão das quatro parcelas previstas para os meses de abril, maio, junho e julho.

Sendo assim, é possível que alguns beneficiários que receberam o auxílio emergencial em 2020, não continuem sendo amparados neste momento. 

Esta exclusão poderá ocorrer devido à aquisição de um trabalho com carteira assinada, recebimento de algum outro benefício como o seguro-desemprego, entre outras possibilidades.

Na oportunidade, o governo explicou que aqueles beneficiários que não movimentarem o recurso ou se forem aplicados cortes durante as rodadas, também serão fatores que contam para a exclusão da nova etapa. 

Por isso, a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) ficará com a responsabilidade de realizar uma série de análise de dados dos beneficiários nas próximas semanas.

A expectativa é para que esse processo se encerre até a última semana de março, viabilizando os pagamentos já no início do mês de abril. 

Entre os critérios de exclusão para os beneficiários de 2021, estão:

  • Ter adquirido vínculo de emprego formal
  • Estar recebendo recursos financeiros provenientes de benefício previdenciário, assistencial, trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o abono-salarial PIS/PASEP e os benefícios do Bolsa Família
  • Ter indicativo de óbito no Sistema Nacional de Informações de Registro Civil – SIRC ou no Sistema de Controle de Óbitos – Sisobi ou ter o CPF vinculado à concessão de pensão por morte de qualquer natureza
  • Estar preso em regime fechado ou ter o CPF vinculado à concessão de auxílio-reclusão

Auxílio emergencial em 2021

A segunda fase do auxílio emergencial que, ao que tudo indica será aprovado e acontecerá neste ano de 2021, seguirá os mesmos requisitos do modelo original. A diferença é que o valor médio desta rodada será de R$ 250,00, podendo o Governo Federal conceder quantias inferiores ou superiores a essa base, dependendo do perfil do beneficiário.

Neste sentido, as mães chefes de família monoparentais poderão receber até R$ 375,00, enquanto os beneficiários solteiros e sem filhos deverão ser contemplados com um benefício no valor de R$ 175,00.

Lembrando que se a PEC do auxílio emergencial for aprovada ainda este mês, os valores serão depositados nos meses de março, abril, maio e junho.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.