Santander libera antecipação de 100% da sua restituição do Imposto de Renda

O Santander liberou para os seus clientes a antecipação de 100% da restituição do Imposto de Renda (IR) deste ano de 2021. A liberação não tem burocracia, é rápida e não compromete a renda.

Santander libera antecipação de 100% da sua restituição do Imposto de Renda
Santander libera antecipação de 100% da sua restituição do Imposto de Renda (Foto: Google)

Essa liberação é uma espécie de empréstimo que será feito pelo banco. Assim que o crédito for liberado o valor da restituição cai na conta corrente.

O pagamento será feito em uma única parcela. E cabe ao banco receber a quantia conforme for depositado em sua conta até o último lote de restituição que está previsto pela Receita, previsto para o mês de outubro.

Como contratar a antecipação da restituição do IRPF?

O empréstimo só é realizado para os clientes que indicaram na declaração enviada à Receita Federal a sua conta corrente do Santander para o crédito da restituição do IRPF.

Solicite o seu empréstimo pelo internet banking, APP Santander, caixas eletrônicos, central de atendimento ou na agência Santander.

O empréstimo terá taxas?

Não serão cobradas nenhuma taxa, apenas os juros que são cobrados nos empréstimos.

Imposto de renda

Neste ano, a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) deve ser entregue entre o dia 2 de março até o dia 30 de abril. O número de lotes também diminuiu de sete para cinco.

Antes, as restituições se iniciavam no mês de junho, mas agora o pagamento do primeiro lote começará em maio e seguirá até o mês de setembro. Veja as datas de pagamento:

  • 1º lote: 29 de maio de 2020
  • 2º lote: 30 de junho de 2020
  • 3º lote: 31 de julho de 2020
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020

Para receber a restituição primeiro, o contribuinte deve realizar a sua declaração logo no inicio. Isso, pois no primeiro lote, a maioria das vezes são pagos preferencialmente os idosos, professores, deficientes e uma parte das pessoas que entregaram a sua declaração logo no início do prazo.

O contribuinte pode acompanhar, a liberação do lote para saber quando vai receber.

Se o contribuinte não estiver em nenhum dos cinco lotes, é possível que tenha caído na malha fina ou possuir algumas informações incorreta nos dados bancários. 

O governo não realizou a atualização da tabela de Imposto de Renda, isso significa que na prática haverá um aumento do imposto para todos os contribuintes. Além disso, mais pessoas são obrigadas a realizar o pagamento do imposto. 

O prazo para a entrega da declaração se iniciará no dia 2 de março e irá acabar no dia 30 de abril às 23h59. 

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.