Licenciamento no Rio Grande do Sul pode ser reduzido com projeto do governo

No Rio Grande do Sul, o governo propôs uma diminuição nas taxas de licenciamento do Detran-RS através da implantação de algumas medidas. De acordo com a proposta, a adoção do documento digital e a unificação dos valores para todos os veículos, pode reduzir de R$94,69 para R$66,70 a cobrança deste ano.

Licenciamento no Rio Grande do Sul pode ser reduzido com projeto do governo
Licenciamento no Rio Grande do Sul pode ser reduzido com projeto do governo (Imagem: Divulgação/CMM)

Esta diminuição nas taxas englobaria os veículos com menos de 15 anos, o que representa 68% da frota do estado, diz o governo. A proposta foi apresentada pelo governador Eduardo Leite em uma transmissão ao vivo e será encaminhada à Assembleia.

O novo PL das taxas do Detran-RS prevê a devolução dos valores pagos a mais no exercício de 2021. O projeto unifica também a taxa de alteração de registro, que é cobrada em casos de transferência de propriedade, levando a redução para 82% dos casos. 

Apenas neste ano, as mudanças representarão uma redução de R$ 271 milhões na arrecadação total do governo, segundo nota divulgada.

“Se nós estamos conseguindo fazer esse movimento de reduzir o custo das taxas do Detran não é porque está sobrando recursos em caixa, mas é porque as nossas receitas não colapsaram com a aprovação de ajustes na estrutura nossa tributária suficientes para que o Estado esteja em condições de pagar seus compromissos. Afinal, a arrecadação tem de vir dos impostos que são cobrados, e não por taxas que tenham de alguma forma a sua arrecadação recolhida para financiar outros serviços do Estado, como acabou acontecendo historicamente aqui no RS”, disse o governador.

Decisão do STF

A junção dos valores das taxas, que atualmente variam de acordo com a idade e tipo do veículo, obedece a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que ordenou que não sejam cobrados valores diferentes para o mesmo tipo serviço. 

A proposta também adequa as taxas aos recentes avanços tecnológicos e às mudanças na legislação, que acabaram o documento impresso em papel-moeda e seu envio pelo correio.

Por fim, o PL também prevê a devolução dos valores para proprietários de veículos que anteciparam o pagamento com a taxa no valor anterior. A devolução será feita através de crédito para desconto no licenciamento do ano seguinte.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA