Atenção! Publicada lista de mães selecionadas para trabalhar em escolas de São Paulo

Prefeitura de São Paulo libera lista com o nome das mães aprovadas nas seleções escolares. A partir desta sexta-feira (26), 4.543 mulheres deverão comparecer aos centros de ensino da rede municipal para efetivar o cadastramento para atuar como monitoras dos protocolos sanitários contra o novo coronavírus.

Publicada lista de mães selecionadas para trabalhar nas escolas de São Paulo (Imagem: Google)

A seleção vem sendo feita desde o início do ano e contará com novas chamadas.

Para reabrir as portas das escolas municipais, a prefeitura de São Paulo criou uma seleção com vagas de emprego convocando as mães dos alunos para ajudarem na fiscalização dos protocolos de segurança do novo coronavírus.

O processo contou com a candidatura de mais de 91 mil mulheres que deverão efetivar a contratação ao longo dos próximos dias.

Assinatura de contrato

Para as 4.543 convocadas, a prefeitura solicita que consulte o site da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo para conferir o local e horário selecionado para comparecer presencialmente e levar os documentos necessários para o contrato.

Entre os informes, o órgão pede que sejam apresentados:

  • RG original e cópia simples
  • CPF original e cópia simples
  • Carteira de trabalho e cópias das páginas que constam a foto e o último emprego
  • Comprovante de residência e cópia simples
  • É obrigatório levar a cópia simples e os documentos originais

Detalhes das atividades das escolas em São Paulo

As aprovadas deverão trabalhar no processo de fiscalização do distanciamento social entre os alunos.

Além disso, será preciso conferir se os jovens estão cumprindo todos os protocolos contra a covid-19, como higienização, uso de máscaras, entre outros.

Todas as selecionadas apresentam entre 18 e 50 anos. A assinatura do contrato deverá ser de seus meses, com salários de R$ 1.155 e carga horária de até 30h por semana, sendo 6h por dia.

Novas contratações

A prefeitura informou ainda que 47 vagas não foram preenchidas por falta de candidatas que atendessem aos critérios mínimos da legislação do POT. Isso implica dizer que haverá um novo chamado a partir desta sexta-feira (26).

As selecionadas deverão ir presencialmente até um dos 13 postos do Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) apresentar os seus documentos e preencher o termo de compromisso e responsabilidade.

Todo o atendimento será feito até esse domingo (29), das 10h às 16h. O início dos trabalhos está previsto para a próxima segunda-feira (1º).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.