Saque do PIS/PASEP: Veja quem pode perder R$1.100 na rodada 2019/2020

Pontos-chave
  • Valores do PIS/PASEP 2020 devem ser suspensos em data específica;
  • Segurados devem fazer a retirada imediatamente;
  • Correção do salário mínimo altera quantia do benefício.

Trabalhadores devem ficar atentos aos prazos de saque do PIS/PASEP 2020/2021. No último dia 11 a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Banco do Brasil encerraram os pagamentos de milhares de brasileiros que tinham direito ao abono salarial. No entanto, segundo as instituições cerca de 8,5 milhões de pessoas ainda não foram fazer o saque, correndo o risco de perder os R$ 1.100 ofertados.

Saque do PIS/PASEP: Veja quem pode perder R$1.100 na rodada 2019/2020 (Imagem: Reprodução Google)
Saque do PIS/PASEP: Veja quem pode perder R$1.100 na rodada 2019/2020 (Imagem: Reprodução Google)

O PIS/PASEP nada mais é do que um abono concedido para parte significativa dos brasileiros que atuam de carteira assinada.

Seja servidor público ou privado, o cidadão tem o direito de receber até R$ 1.100 desde que tenha trabalhado ao menos 30 dias de carteira assinada e tenha uma renda mensal de até 2 salários mínimos.

Tempo limite de saque do PIS/PASEP

Apesar os pagamentos de 2020/2021 já terem sido todos liberados de forma antecipada há ainda milhares de pessoas que não foram fazer o saque. Devido a pandemia do novo coronavírus o governo federal resolveu adiantar o cronograma do programa que deveria ser encerrado no mês de junho.

Isso significa dizer que, mesmo que em fevereiro todos os validados com jornada de trabalho entre 2019/2020 já tenham recebido os depósitos, o benefício ainda poderá ser sacado até 30 de junho.

Porém, passada essa data e o valor permanecendo em conta, o cidadão passa a perder o direito de acessa-lo. Nesse caso, a quantia é retida e não poderá ser ofertada novamente.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Números do abono salarial 2020/2021

De acordo com os relatórios liberados pela Caixa, até esse momento cerca de 14 milhões de pessoas já retiraram os valores do PIS, o que significa que novos R$ 10,8 bilhões foram injetados na economia nacional.

No entanto, a previsão é de que o valor total seja de R$ 17 bilhões, ou seja, 22 milhões de trabalhadores precisam fazer o saque.

Já no Banco do Brasil, responsável pelos pagamentos do PASEP, foram liberados até o momento R$ 2,5 bilhões para 2,7 milhões de brasileiros. Desse total, 2,2 milhões de trabalhadores já realizaram a retirada do benefício, totalizando R$ 2,2 bilhões na economia nacional.

Porém há ainda cerca de 477 mil sem consulta ao programa, gerando assim um saldo de R$ 373 milhões.

Formas de pagamento

Há duas formas de receber a mensalidade. No caso do PIS, o cidadão deve ir até uma agencia da Caixa Econômica para retirar nos guichês de atendimento ou então pode acessar pelo aplicativo do Caixa Tem em seu próprio celular.

Já para PASEP a liberação ocorre pelo Banco do Brasil, exigindo que o segurado vá até uma agencia fazer o saque ou então utilize o valor diretamente em sua conta bancária com seu cartão de débito ou aplicativo.

Regras de recebimento do abono salarial

Nessa rodada de 2019/2020 tem direito de receber quem:

  • Esteve de carteira assinada por ao menos 30 dias entre janeiro e dezembro de 2019
  • Está vinculado ao PIS/PASEP há ao menos 5 anos
  • Tem uma renda mensal de até 2 salários mínimos
  • Está com os dados de trabalho atualizado na base de informação do governo federal
Saque do PIS/PASEP: Veja quem pode perder R$1.100 na rodada 2019/2020 (Imagem: Reprodução Google)

Valores

Com a correção do salário mínimo, os valores concedidos foram atualizados. O pagamento total tende a ser de R$ 1.100 por segurado, porém essa quantia só pode ser obtida por aquele que esteve trabalhando por todos os 12 meses do ano vigente.

Já o valor mínimo é de R$ 88 destinado para quem esteve em regime CLT por apenas 30 dias. Confira as proporções:

Proporção (meses trabalhados) Salário R$ 1.100,00
1 R$ 88,00
2 R$ 175,00
3 R$ 262,00
4 R$ 349,00
5 R$ 436,00
6 R$ 523,00
7 R$ 610,00
8 R$ 697,00
9 R$ 784,00
10 R$ 871,00
11 R$ 958,00
12 R$ 1.100

Calendário PIS/PASEP

Mesmo com os valores já todos concedidos, os cidadãos que desejarem ainda podem consultar os calendários de pagamento oficiais determinados pelo governo federal em 2020. Eles são:

PIS

Nascidos em Data do pagamento Recebem até
Julho 16 de julho de 2020 30 de junho de 2021
Agosto 18 de agosto de 2020 30 de junho de 2021
Setembro 15 de setembro de 2020 30 de junho de 2021
Outubro 14 de outubro de 2020 30 de junho de 2021
Novembro 17 de novembro de 2020 30 de junho de 2021
Dezembro 15 de dezembro de 2020 30 de junho de 2021
Janeiro e fevereiro 19 de janeiro de 2021 30 de junho de 2021
Março e abril 11 de fevereiro de 2021 30 de junho de 2021
Maio e junho 17 de março de 2021 30 de junho de 2021

Pasep

Final da inscrição Data do pagamento Recebem até
0 16 de julho de 2020 30 de junho de 2021
1 18 de agosto de 2020 30 de junho de 2021
2 15 de setembro de 2020 30 de junho de 2021
3 14 de outubro de 2020 30 de junho de 2021
4 17 de novembro de 2020 30 de junho de 2021
5 19 de janeiro de 2021 30 de junho de 2021
6 e 7 11 de fevereiro de 2021 30 de junho de 2021
8 e 9 17 de março de 2021 30 de junho de 2021

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.