Atrasou pagamento do IPVA no Mato Grosso do Sul? Sefaz dá nova chance em acordo

Os contribuintes sul-mato-grossenses que perderam o prazo para pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) ganham mais chances de regularizar a sua situação com a Sefaz.

Atrasou pagamento do IPVA no Mato Grosso do Sul? Sefaz dá nova chance em acordo
Atrasou pagamento do IPVA no Mato Grosso do Sul? Sefaz dá nova chance em acordo (Imagem: Maicon Hinrichsen/Palácio Piratini)

No site da Secretaria Estadual da Fazenda ou nas agências que estão espalhadas por todo o Estado, com o documento do veículos em mãos, estes contribuintes podem buscar ajuda.

Os motoristas devem pagar uma multa referente ao atraso e depois fará os outros pagamentos no prazo regular.

A legislação estadual garante que seja realizado o parcelamento para as dívidas até o ano de 2020 em até 10 vezes. Porém, isso desde que não estejam inscritos em dívida ativa.

Até o momento, somente a primeira parcela do IPVA deste ano de 2021 está vencida.

As próximas datas são 26 de fevereiro, 31 de março, 30 de abril e 31 de maio de 2021.

O tributo chega aos cofres públicos estaduais, 50% é encaminhado ao Estado e 50% aos municípios onde o veículo foi emplacado.

Como pagar o IPVA MS atrasado?

Online, o contribuinte pode acessar o site da Sefaz do Mato Grosso do Sul, em seguida optar por “IPVA”. Dentre as alternativas, escolher “Débitos”.

No sistema aparecerão campos para o preenchimento do número de Renavam e placa do veículo em questão. Depois de inserir essas informações, clique em “Consultar”.

O painel vai trazer todos os débitos pendentes neste automóvel. O contribuinte poderá fazer a impressão do boleto para pagamento em cota único, ou do parcelamento.

O código de barras pode ser pago tanto nas casas lotéricas e grandes bancos locais, como usando o internet banking do seu banco de confiança.

Para não acumular dívidas, considerando que o IPVA deste ano tem novas parcelas, o ideal é fazer o pagamento o quanto antes.

Por que pagar o IPVA?

Além de ser uma contribuição como cidadão para o seu estado e município, o proprietário de veículo automotor precisa fazer o pagamento do imposto para não ficar com débitos na Secretaria de Fazenda. 

O CRLV de 2021, documento que comprova a legalidade do veículo, é liberado apenas com todas as taxas pagas. Logo, deixar de quitar o IPVA faz com que o licenciamento não seja emitido, o que pode gerar multa para a placa do veículo e na CNH do proprietário.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.