Preço da carne vai subir! Consumidor vai encarar novo reajuste em breve

Ao longo dos últimos meses, o consumidor brasileiro tem percebido alta considerável no preço de diversos alimentos. A carne tem sido um dos fatores que tem feito com que a população tenha que desembolsar mais no mercado. Apesar da estabilização do preço da carne, o alimento deve registrar alta.

Preço da carne vai subir! Consumidor vai encarar novo reajuste em breve
Preço da carne vai subir! Consumidor vai encarar novo reajuste em breve (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Ao longo de 2020, a carne teve aumento no preço de quase 18%. Mesmo com a alta no ano passado, o alimento começou o ano com o preço estável. Segundo dados divulgados pelo Instituto brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o valor da carne teve recuo de 0,08%.

Com o fim do auxílio emergencial, a população brasileira teve menos poder de compra, o que resultou em menor demanda. Diante disso, o preço deste alimento apresentou queda. No entanto, o valor da carne deve registrar nova alta.

O valor da carne segue pressionando o mercado por alguns fatores. O aumento registrado ao longo dos últimos meses tem ocorrido por conta do clima mais seco no ano passado — sendo a pior estiagem nos últimos 10 anos — e o aumento das exportações.

De acordo com uma projeção realizada pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), houve alta de 9% nas exportações entre janeiro e novembro de 2020, em comparação ao mesmo período de 2019.

Alta no preço da carne bovina

De acordo com uma pesquisa do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a carne bovina de primeira teve aumento médio de 1,55% em 17 capitais pesquisadas.

Pelo fato de que a este alimento faz parte da mesa de muitas famílias brasileiras, a população tem buscado alternativas. No entanto, os resultados do IPCA de janeiro indicam que outras carnes também têm apresentado alta.

O grupo de carnes e peixes industrializados tiveram aumento de 1,01%. Já o grupo de aves e ovos apresentou alta de 0,69%.

No geral a inflação do Brasil teve aumento de 0,25% em janeiro. O grupo que mais influenciou neste resultado foi o de Alimentação e Bebidas, com alta de 1,02%. No índice geral do IPCA nos últimos 12 meses, o IBGE revelou houve alta de 4,56%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.