Black Friday: Pesquisa indica que 52% dos brasileiros pretendem comprar algo na data de descontos

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), revelou que pouco mais da metade dos brasileiros pretende comprar algum item durante a Black Friday deste ano. 2.100 consumidores foram entrevistados, entre os dias 2 e 6 de novembro, e 52% deles afirmaram que irão adquirir produtos durante a data de descontos, marcada para a próxima sexta-feira, dia 27 de novembro.

publicidade
Black Friday: Pesquisa indica que 52% dos brasileiros pretendem comprar algo na data de descontos              (Imagem: Adobe Stock/FDR)
Dentre os consumidores que pretendem consumir na Black Friday, 20% querem aproveitar os descontos e oportunidades, enquanto 32% alegam que irão comprar o que desejam no período, porque não tiveram dinheiro para adquirir antes.
Nabil Sahyoun, presidente da Alshop destacou que esta data cresceu muito também no varejo dos shoppings, que vêm seguindo todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde com muito sucesso.

48% não pretendem comprar durante o período

Segundo a Alshop, entre os fatores que prejudicam a decisão de compra dos 48% restante dos entrevistados, estão a perda de renda devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), as incertezas sobre o futuro, a preocupação com o desemprego e a alta do dólar que encareceu diversos produtos. Alguns também alegaram que não acreditam nos descontos oferecidos durante a data.

Preocupação com estoque

Mesmo otimistas com a Black Friday, alguns empresários demonstram preocupação com a proximidade da data. Um levantamento da vhsys em parceria com a empresa de tecnologia Stone apontou que 35% das micro e pequenas empresas (MPEs) temem que a falta de estoque atrapalhe as vendas. Já 10% das MPEs estão preocupadas com a dificuldade em atender a alta demanda.

Por outro lado, 31% das empresas revelam estar com o estoque ’em dia’, especialmente com aqueles produtos que ficaram sem giro nos meses anteriores devido ao fechamento da maioria dos estabelecimentos durante a fase mais severa de restrições da pandemia. 24% das empresas afirmam que anteciparam as compras e estão com o estoque adequado para o evento.

publicidade
Os assistentes virtuais estão entre os itens mais desejados para compra durante a Black Friday deste ano      (Imagem: Reprodução/Google)

Itens mais procurados durante o período

De acordo com um levantamento realizado pelo TecMundo, este ano, os consumidores estão em busca de produtos que contribuem com mudanças no estilo de vida. Os assistentes virtuais (como a Alexa, da Amazon e Siri, da Apple), lâmpadas inteligentes, televisores, smartphones, notebooks e repetidores de wi-fi estão na lista de itens mais procurados, antecipadamente, para a Black Friday.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.