Bolsa Família faz empréstimo de R$1 BILHÃO e deve aceitar 3 milhões de novos inscritos

Na última sexta-feira (30), o Banco Mundial anunciou que vai conceder um empréstimo de US$ 1 bilhão, ou seja, R$5,73 bilhões para reforçar a expansão do programa Bolsa Família. O pagamento será feito no câmbio de hoje (3).

Bolsa Família faz empréstimo de R$1 BILHÃO e deve aceitar 3 milhões de novos inscritos
Bolsa Família faz empréstimo de R$1 BILHÃO e deve aceitar 3 milhões de novos inscritos (Foto: FDR)

Essa medida integra o projeto do banco multilateral para que seja preservada a renda da população mais afetada pela pandemia causada pelo novo coronavírus. 

Por meio de nota, o Banco informou que o dinheiro deve beneficiar ao menos 1,2 milhão de novas famílias do programa, o que resulta em 3 milhões de pessoas a mais sendo atendidas pelo governo.

O banco ainda informou que deste total, 990 mil são crianças e jovens, além de 7 mil indígenas.

Segundo o Banco, cerca de 13 milhões de famílias estavam cadastradas no programa Bolsa Família antes do começo da pandemia. O empréstimo concedido vai ampliar o público atendido para 14,2 milhões de famílias.

No mês de abril, o Banco Mundial tinha anunciado que colocaria US$160 bilhões a disposição para ajudar mais de 100 países a enfrentar a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus. 

Esse dinheiro será emprestado ao longo de 15 meses para o programa de transferência de renda.

A instituição financeira informou que o programa emergencial do banco será baseado em 3 pilares: proteger os mais pobres e vulneráveis; apoiar os negócios e salvar empregos; ajudar os países em desenvolvimento a implementar medidas emergenciais de saúde e fortalecer a resiliência econômica.

O Tesouro Nacional avaliou o empréstimo e aprovou ontem (2), conforme informou o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues.

“O empréstimo de US$ 1 bilhão do Banco Mundial está sendo analisado pelo Tesouro Nacional e faz parte do conjunto de fontes de financiamento externo, o que não usávamos há cerca de dez anos”, afirmou.

O Bolsa Família atende as famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza.

Hoje, para participar os inscritos precisam ter renda por pessoa de até R$ 89 mensais ou renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais, desde que tenham crianças e adolescentes de 0 a 17 anos ou grávidas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA