MEI: BNDES disponibiliza cartão de crédito para os empreendedores individuais

O Microempreendedor Individual (MEI) possui uma boa opção de cartão de crédito, que é a oferta do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para os pequenos empreendedores que tem um faturamento anual de até R$81 mil. Saiba mais.

MEI: BNDES disponibiliza cartão de crédito para os empreendedores individuais
MEI: BNDES disponibiliza cartão de crédito para os empreendedores individuais (Foto: Google)

O cartão BNDES destinado a MEI é uma ferramenta que pode auxiliar no desenvolvimento dos pequenos negócios, já que o objetivo do cartão é a utilização nas despesas da empresa.

Com o cartão, existe a possibilidade do MEI efetuar compras diretas através de uma conta digital feita pelo titular do cartão no site do BNDES. Também é possível fazer compras indiretas, como, por exemplo, a aquisição de mercadorias em transações feitas com os fornecedores.

Taxa de juros

O cartão BNDES para MEI tem taxas muito atrativas de juros, que podem alcançar até 1,05% ao mês e ainda existe a possibilidade de parcelar a fatura em até 48 meses.

O vencimento da fatura acontece sempre todo dia 15 e o pagamento é feito através do débito automático na conta corrente do microempreendedor, conta essa informada quando o cartão de crédito é solicitado .

É importante ressaltar que o primeiro passo para pessoas interessadas pelo cartão é estar com toda sua documentação em dia ao solicitá-lo, e ter residência fixa no Brasil.

Como solicitar o cartão de crédito BNDES?

O primeiro passo para quem quiser solicitar o cartão de crédito BNDES é ter uma conta corrente em alguma destas instituições bancárias:

  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banrisul
  • Banestes
  • Bradesco
  • BRDE
  • Caixa Econômica Federal
  • Itaú
  • Sicoob
  • Sicredi

Possuindo uma conta corrente em um dos bancos listados acima, basta acessar o portal do BNDES e selecionar a opção “Solicite seu Cartão”. O MEI precisará preencher um formulário com dados da sua empresa como CNPJ e a CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas). Antes de enviar a proposta é preciso selecionar a instituição em que o cartão será vinculado.

Depois de fazer a solicitação pelo site do BNDES, o empreendedor precisará comparecer à agência da instituição vinculada ao cartão e apresentar a documentação pedida no portal como por exemplo o Certificado de Regularidade do FGTS.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA