A prefeitura de Feira de Santana, que fica a cerca de 100km de Salvador, prorrogou o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2020 para o mês de setembro. Inicialmente, o prazo para o pagamento do tributo iria terminar no final de julho.

publicidade
IPTU 2020: Feira de Santana anuncia nova data de vencimento do tributo
IPTU 2020: Feira de Santana anuncia nova data de vencimento do tributo (Imagem: Montagem/FDR)
publicidade

De acordo com o prefeito da cidade, Colbert Martins (MDB), essas mudanças nas datas de pagamento estão sendo realizado para amenizar os impactos do enfreamento ao novo coronavírus no município.

“Sabemos que muitas pessoas estão passando por dificuldades econômicas, e a gente também precisa evitar a circulação e aglomeração nos locais. Então, pensando na questão econômica e na saúde das pessoas, decidimos estender o prazo para que nenhum contribuinte fique em débito no nosso município”, declarou Colbert Martins, prefeito de Feira de Santana.

Para acessar o boleto com a nova data de validade, basta entrar no site da prefeitura de Feira de Santana, e na opção “Mais acessados” escolher o serviço “IPTU”.

Em seguida, será preciso informar o número de inscrição do imóvel que está presente nos boletos anteriores do imposto.

IPTU 2020

O IPTU é cobrado pela prefeitura de cada município e deve ser pago por aqueles que possuem um imóvel em área urbana, seja ele uma casa, apartamento, sala comercial ou outros tipos de propriedade. 

O que for arrecadado com o pagamento é investido nas áreas públicas da cidade. O valor cobrado varia de acordo com a cidade e o valor venal do imóvel, que é utilizado como base para o cálculo do valor a ser pago pelo contribuinte. 

O imposto pode ser pago à vista ou parcelado ao longo do ano. Os contribuintes precisam realizar o pagamento do IPTU, pois se ficar em dívida terá o acréscimo de multa e de juros, pelo período de inadimplência. 

O contribuinte não conseguirá realizar a negociação do imóvel ou colocá-lo à venda. Alguns imóveis chegam a ir a leilão para que a prefeitura receba esse dinheiro.

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.