Auxílio emergencial: 3,9 milhões de pessoas recebem R$600 hoje (7)

A Caixa Econômica paga nesta sexta-feira (7), mais uma parcela do auxílio emergencial do governo para cerca de 3,9 milhões de beneficiários nascidos em junho. Do total de pessoas que recebem hoje, estão 96 mil que fazem parte do novo grupo de aprovados (6º lote), ou quem teve o auxílio suspenso após receber a primeira parcela em abril.

Auxílio emergencial: 3,9 milhões de pessoas recebem R$600 hoje (7)
Auxílio emergencial: 3,9 milhões de pessoas recebem R$600 hoje (7) (Imagem: FDR)

Primeiramente como já vem acontecendo, os valores serão creditados na conta poupança digital da Caixa e podem ser utilizados através do aplicativo Caixa Tem para pagar contas, boletos e fazer compras com cartão de débito virtual ou QR Code. Os saques e transferências para quem recebe hoje serão liberados em 22 de agosto.

Quem recebe?

Os trabalhadores que nasceram em junho, os inscritos no Cadastro Único e quem solicitou o auxílio pelo site ou aplicativo. Em suma, os pagamentos foram divididos da seguinte forma:

  • aprovados no 1º lote recebem a quarta parcela
  • aprovados no 2º lote recebem a terceira parcela
  • aprovados no 3º e 4º lotes recebem a segunda
  • aprovados no 5º e 6º lotes recebem a primeira parcela
  • aprovados no 1º lote cujo benefício foi suspenso recebem a terceira e quarta parcelas.

Para consultar o andamento do pedido é preciso entrar no site ou aplicativo do Auxílio.

Calendários do auxílio emergencial

Confira os calendários deste pagamento atual. Todos são beneficiários fora do Bolsa Família.

Lote 1, Parcela 4 — Foto: Economia G1
Foto: Economia G1
Lote 2, Parcela 3 — Foto: Economia G1
Foto: Economia G1
Lotes 3 e 4, Parcela 2 — Foto: Economia G1
Foto: Economia G1
Lote 5, Parcela 1 — Foto: Economia G1
Foto: Economia G1

Auxílio emergencial chegou a metade dos lares brasileiros em junho

Direta ou indiretamente, as medidas de auxílio emergencial promovidas pelo governo federal no enfrentamento da pandemia do coronavírus, atingiram cerca da metade da população em junho. 

De acordo com dados da Pnad Covid, divulgada no dia 23 de julho pelo IBGE, 43% das casas no país possuem algum membro que está recebendo o auxílio emergencial do governo ou o BEm (Benefício de Proteção ao Emprego), pago para os trabalhadores que tiveram o contrato de trabalho suspenso ou sua jornada e salário reduzido.

Os dados obtidos em junho, são superiores aos de maio, quando foram identificados 38% dos lares no Brasil com pelo menos um membro beneficiário do auxílio ou do BEm. No total, 29,4 milhões de domicílios receberam alguma ajuda no mês de junho, com um valor médio de R$845.

Os estados do Norte e do Nordeste foram os que mais receberam ajuda, com uma média de 45% das casas com algum membro beneficiário. Já no Sul, o percentual foi de 30%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA