Bolsa Família: Capital do Acre cria atendimento à distância para os inscritos; confira!

Milhares de famílias não estão recebendo o Bolsa Família em Rio Branco (AC) por conta do auxílio emergencial, que o está substituindo. Por isso, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Sasdh) da capital, criou um teleatendimento para o suporte dessas pessoas.

Bolsa Família: Capital do Acre cria atendimento à distância para os inscritos; confira!
Bolsa Família: Capital do Acre cria atendimento à distância para os inscritos; confira! (Imagem: Google)

O atendimento visa auxiliar as famílias que tiveram o Bolsa Família suspenso em troca do auxílio emergencial. Até o último dia 30, mais de 100 famílias tinham sido atendidas.

Nesse mesmo período foram realizados mais de 40 atendimentos de forma presencial, com agendamento prévio.

Segundo a diretora de Assistência Social da capital, Regiani Cristina, em Rio Branco, mais de 25 mil famílias recebem o Bolsa, mas com o auxílio emergencial mais 24,5 famílias deixaram de tê-lo. A grande dificuldade é que muitas têm se prejudicado por falta de atualização da ficha cadastral no CadÚnico.

“Esses mais de 24 mil tiveram o Bolsa Família suspenso até enquanto durar o auxílio emergencial. Muitas famílias acabaram sendo prejudicadas por falta de atualização no cadastro. Foi uma das demandas que mais tivemos nesse período”, informou.

Atualmente não está havendo mais bloqueio do benefício, porém muitos já haviam sido realizados. A questão é que é preciso atualizar o cadastro no CadÚnico a cada dois anos, o que impediu muitas famílias de conseguir receber. Afinal, aqueles que estão com as informações corretas, tem recebido automaticamente.

Qualquer alteração deve ser informada, seja ela: mudança de endereço, separação, morte, nascimento, entre outros.

O contato com a Sasdh deve ser feito através dos números: 0800 642 2081 e 3211-2080. Através deles, a população pode tirar dúvidas sobre o Bolsa Família e também o CadÚnico.

Bolsa Família x Auxílio Emergencial

O auxilio emergencial surgiu para suprir os problemas financeiros causados pela crise do coronavírus. Por ser um valor maior, ele acabou substituindo o Bolsa Família para milhões de famílias.

Após o fim das 5 parcelas, definidas pelo governo, o Bolsa dará lugar a um novo programa assistencial: o Renda Brasil. Esse ainda não possui valor definido e nem como será seu funcionamento e regras. Segundo o governo federal, o intuito é que o Renda seja lançado ainda em outubro desse ano.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA